CidadesCulturaCuriosidadesMenu Principal
Trending

#Bahia: Cantora Juliana Ribeiro é atração confirmada na Festa Literária em Uauá

A artista participa de mesa e faz show apresentando sua nova canção no dia 15 de novembro.

O lado musicista de Juliana Ribeiro é amplamente conhecido, mas para a Festa Literária de Uauá (Fliu), programada para os dias 14, 15 e 16 de novembro, o público vai conhecer a artista completa. No dia 15, às 9h30, participa da mesa “Minha poesia cabe na sua melodia?” e às 22h30 faz pocket show na Praça São João Batista, onde acontecerão as programações musicais.

A personalidade inquieta da cantora, a fez navegar por inúmeras áreas. Além de cantar e compor, é também historiadora, mestre em cultura e sociedade e apresentadora de Rádio e TV. Na mesa, mostrará todo o seu repertório cultural em uma conversa que une mulheres de trajetórias diferentes com um ponto em comum: a paixão pela escrita e pela música. Estará no bate papo Cida Pedrosa e a mediação será com Érika Ribeiro (Pók Ribeiro).

“Pela temática da mesa pensei em fazer uma apresentação mesclando música, vídeo, canto e bate-papo. Pensei num varal poético, com várias copias da letra pregadas por pegadores de papel onde as pessoas se sintam à vontade para pegar a letra e acompanhar a canção. Assim, posso falar sobre o lugar de autora, mulher, negra e nosso lugar de fala no século XXI, além de deixar a plateia também interagir, perguntar, e se emocionar junto conosco”, disse Ribeiro.

No local estarão à venda o CD e livros da artista que também apresentará sua música nova, ELLA, e o vídeo da canção que estará nas redes sociais. No pocket show apresenta uma parte do espetáculo “Preta Brasileira” onde som, teatro e poesia se encontram em cena para mexer com os sentidos, temas que combinam com a apresentação da manhã.

Juliana é uma artista baiana expoente nacional, e com shows internacionais. Dona de uma aplaudida performance de palco e admirada pela bela voz e timbre marcante, Juliana também surpreende quando faz da música um veículo de divulgação da pesquisa como historiadora e mestre em Cultura e Sociedade, que desnuda as origens do samba.

Além dos encontros entre os autores e o público, haverá na FLIU shows musicais com artistas locais e nacionais, teatro, oficinas, artes visuais, filmes e uma ampla programação infantil carinhosamente batizada de Fliuzinha. A Fliu é uma realização da Uauá projetos criativos e da Prefeitura de Uauá, idealizada por Mercia Beatriz com coordenação e produção de Ellen Ferreira, Lorena Ribeiro e Antônio Nikiel, com curadoria de Maviael Melo.

O evento tem o apoio do Governo do Estado por meio da Secretaria de Desenvolvimento Rural, Secretaria de Educação, da Fundação Pedro Calmon e da Superintendência de Fomento ao Turismo (Bahiatursa), além do Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado da Bahia (APLB), Cooperativa Agropecuária Familiar de Canudos, Uauá e Curaçá (COOPERCUC) e do Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada (IRPAA). As informações são de assessoria.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios
Pular para a barra de ferramentas