Pular para a barra de ferramentas
CidadesCuriosidadesEconomiaEsportesMenu Principal
Trending

Chapada Diamantina é opção para turismo de aventura durante o ano todo; confira fotos

As opções de diversão no Parque Nacional são bastante diversificadas e contam com grutas, poços, trilhas, cachoeiras, rios e festivais musicais.

O Parque Nacional da Chapada Diamantina (PNCD), localizado no centro do estado da Bahia, é um dos principais destinos turísticos do país e é indicado para visitação o ano todo. De janeiro a dezembro é possível passear por grutas e poços, tomar banhos em rios e cachoeiras e desfrutar da gastronomia, da cultura e da história de diferentes municípios.

As cavernas mais procuradas, por exemplo, são as que têm água. No município de Iraquara, a Fazenda Pratinha é a mais popular. O Poço Encantado, em Itaetê também é bastante procurado, sem falar no Poço Azul, em Nova Redenção, e as grutas da Torrinha e da Lapa Doce, ambas em Iraquara, também são muito frequentadas.

O Vale do Capão, que fica no município de Palmeiras, é uma das melhores bases de passeios de caminhada no mato. Lá o que não falta é atrativo. Tem o Pai Inácio, a Cachoeira da Fumaça, o Riachinho, Águas Claras, Purificação e muita cultura com apresentações artísticas, circo e diferentes festivais durante o ano.

Outras opções são visitar as ruínas do garimpo e a vila de pedra de Igatu, já no município de Andaraí, que ainda abriga casarios históricos e muitas cachoeiras, como a do Ramalho, Três Barras, Bocório, Califórnia, dentre outras. Já em Mucugê tem o Parque Sempre Viva, o Cemitério Bizantino e trilhas para mais cachoeiras e rios.

Confira imagens da região

Este slideshow necessita de JavaScript.

Como chegar
Para chegar na região da Chapada Diamantina, além de carro pela BR-242, o turista pode chegar direto para Lençóis, via o aeroporto Horário de Matos, também tem a opção de ir para Vitória da Conquista, para o novo aeroporto Glauber Rocha. Lençóis está a 420km de Salvador e a 1.050km de Brasília, capital federal. O aeroporto Horácio de Matos, fica no distrito de Tanquinho, a 20km da sede do município. De ônibus, partindo de Salvador, são sete horas de viagem. O acesso ao Parque Nacional se dá, na maioria das vezes, por meio de caminhada.

Quando ir
É possível visitar o ano todo a região. As chuvas de verão (novembro a janeiro) podem enlamear as trilhas, mas deixam as cachoeiras mais caudalosas e o visual ainda mais lindo (confira aqui como ficaram os pontos turísticos após as chuvas do início de 2020). Entre março e maio, a Chapada fica mais verde. De maio a setembro não há chuva e, nos dias claros, as grutas do Poço Azul e do Poço Encantado recebem a incidência de raios de sol que deixam suas águas azuladas.

Jornal da Chapada

Leia também

Chapada: Chuvas enchem rios e cachoeiras e deixam a região com visuais surpreendentes neste início de ano; confira fotos e vídeos

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios