Pular para a barra de ferramentas
CidadesCuriosidadesMenu PrincipalPolícia
Trending

#Brasil: Feminicídio aumenta no país no ano de 2019; foram 1.310 mulheres assassinadas

No ano passado foram mais de mil e trezentos mulheres assassinadas vítimas de violência doméstica ou por sua condição de gênero.

Na contramão de outros índices de violência, o feminício cresceu 7,2% no país. Em 2019, foram 1.310 mulheres assassinadas vítimas de violência doméstica ou por sua condição de gênero.

A reportagem do jornal Folha de S. Paulo se inicia com uma sequência dramática de tipos de assassinatos: “espancamento, estrangulamento, uso de machado, pedra, pau, martelo, foice, canivete, marreta, tesoura, facão, enxada, barra de ferro, garfo, chave de fenda, bastão de beisebol, armas de fogo, mas, em especial, facas.”

O jornal lembra que, em 2018, o número também foi alto, mas menor: “em 2018, foram 1.222. Ou seja, de acordo com os registros oficiais, de três a quatro são assassinadas em média a cada dia no Brasil, na maioria dos casos por companheiros e ex-companheiros”. A redação é do Brasil 247.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios