CidadesCuriosidadesMenu PrincipalMundo
Trending

Chapada: MP recomenda que Barra da Estiva, Ibicoara e Iramaia cancelem eventos e criem planos contra o coronavírus

Promotora de Justiça sugere a realização de campanhas oficiais que informem a população quanto ao risco de letalidade da doença, sobretudo para idosos.

O Ministério Público da Bahia (MP-BA), por meio da promotora de Justiça Maria Salete Jued Moysés, recomendou na quinta-feira (19), aos prefeitos dos municípios de Barra da Estiva, Ibicoara e Iramaia, na Chapada Diamantina, que cancelem ou adiem, “imediatamente” shows, eventos e similares que possam resultar na aglomeração de pessoas, em especial idosos, como forma de evitar a contaminação e propagação do novo coronavírus. Barra da Estiva notificou o primeiro caso suspeito do Covid-19.

A promotora solicitou aos gestores que orientem os órgãos municipais competentes no sentido de não concederem alvará ou autorização para eventos particulares que possam produzir aglomerações. A recomendação propõe ainda que os municípios adotem políticas públicas de prevenção, contenção e tratamento do coronavírus, no prazo de 72 horas. No mesmo prazo, os municípios deverão produzir planos de contingência para o caso de “eventual epidemia”.

De acordo com o site oficial do MP-BA, a promotora de Justiça recomendou ainda a realização de campanhas oficiais que informem a população quanto ao risco de letalidade da doença, sobretudo para a população idosa, explicando os riscos da contaminação e as situações específicas em que o sistema de saúde deve ser procurado. “Uma contaminação em larga escala resultaria em caos para os sistemas de saúde público e privados, que não teriam capacidade de responder às demandas”, registrou Maria Salete. Os dados são do MP-BA.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios