CidadesCuriosidadesMenu PrincipalMundo
Trending

#Mundo: Série mexicana da Netflix usa Bolsonaro como sinônimo de ‘burro’; veja aqui o vídeo

O momento acontece no quinto episódio da terceira temporada, em discussão entre a personagem Paulina de la Mora (papel de Cecília Suarez) e Diego Olvera (interpretado por Juan Pablo Medina).

A série mexicana ‘La Casa das Flores’ que está disponível na Netflix, que estreou sua terceira e última temporada na última quinta-feira (23), colocou o sobrenome do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), como sinônimo de ‘burro’. O momento acontece no quinto episódio da terceira temporada, em discussão entre a personagem Paulina de la Mora (papel de Cecília Suarez) e Diego Olvera (interpretado por Juan Pablo Medina).

Na cena, ela grita para o homem: “Cale a boca! Você é burro? Você é do Alabama [estado norte-americano]? Seu sobrenome é Bolsonaro ou o quê?”. A Netflix não omitiu o sobrenome do chefe do Executivo na legenda do projeto espanhol. ‘La Casa de Las Flores’ é uma série cômica do México que flerta com o drama. Ela segue a vida de uma família de classe alta cheia de segredos.

Veja aqui o vídeo

A série começa com o patriarca levando os filhos que teve com uma amante para a sua família — que não sabia de nada. Recentemente, a política brasileira também foi tema de um vídeo especial para promover a quarta parte de ‘La Casa de Papel’, uma das séries mais populares do streaming. No caso, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva compartilhou um vídeo em que um dos atores, Rodrigo De La Serna, que interpreta Palermo, mandou um recado ao petista.

Na entrevista, ele e Pedro Alonso, que interpreta Berlim, ouvem um pedido para que mandem uma mensagem aos brasileiros. La Serna dá o seu: “Um carinho imenso para todos e todas. Força. Lula livre”, parece dizer ele, no finzinho do vídeo. As informações são do UOL Entretenimento.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios