Pular para a barra de ferramentas
CidadesCuriosidadesEditorialMenu Principal
Trending

Corregedor do TSE vai ouvir presidente e vice sobre pedido para juntar inquérito sobre notícias falsas em Aijes

Depois do prazo de três dias, o corregedor determinou que, "com ou sem resposta", o Ministério Público Eleitoral (MPE) seja ouvido também em três dias.

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE), por meio do corregedor-geral Eleitoral, ministro Og Fernandes, permitiu nesta sexta-feira (29), que o presidente da República Jair Bolsonaro, o vice-presidente Hamilton Mourão, além de empresários apontados por suposto impulsionamento de mensagens prestem informações no prazo de três dias sobre o pedido do Partido dos Trabalhadores (PT).

As oitivas serão juntadas às Ações de Investigação Judiciais Eleitorais (Aijes) número 0601968-80.2018.6.00.0000, impetrada pela Coligação o Povo Feliz de Novo (PT/PCdoB/PROS) e ao Inquérito que apura ofensas a ministros do Superior Tribunal de Federal (STF).

Depois do prazo de três dias, o corregedor determinou que, “com ou sem resposta”, o Ministério Público Eleitoral (MPE) seja ouvido também em três dias. Depois disso, ele avaliará qual será o procedimento a ser adotado em relação ao pedido do PT. Jornal da Chapada com informações do TSE.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios