Pular para a barra de ferramentas
CidadesCuriosidadesMenu PrincipalPolíticaTop
Trending

#Chapada: Justiça bloqueia R$13,4 milhões da ex-prefeita de Mucugê por improbidade administrativa

Conforme decisão, Ana Medrado teria negociado terrenos do município sem transparência na escolha dos beneficiários.

A ex-prefeita do município de Mucugê, na Chapada Diamantina, Ana Olímpia Medrado, teve R$13,4 milhões em bens bloqueados pelo Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) na última quarta-feira (8).

Essa decisão foi proferida no agravo de instrumento número 8014899-51.2020.8.05.0000 pela desembargadora e relatora do processo, Ilona Márcia Reis. A magistrada acatou o pedido de liminar do município de Mucugê, atualmente administrado pelo prefeito Manoel Luz (PSD).

Na ação de improbidade administrativa, o município pede a devolução do recurso, que agora foi bloqueado, referente ao montante que seria da venda de 150 terrenos do Loteamento João Oliveira.

Segundo a acusação, Ana Medrado teria negociado os lotes de propriedade do município sem transparência na escolha dos beneficiários. Também vendeu os terrenos a valores considerados irrisórios – configurando ato de improbidade administrativa.

Esse valor bloqueado pela justiça, de R$13,4 milhões, segundo a atual administração, seria o dano financeiro mínimo causado aos cofres da prefeitura pela ex-gestora Ana Medrado. Isso é considerado pelo fato do valor em média dos imóveis urbanos no município chapadeiro ser em torno de R$40 mil.

Jornal da Chapada

Veja aqui a decisão completa…

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios