Pular para a barra de ferramentas
CidadesCuriosidadesMenu PrincipalPolíciaTop
Trending

#Chapada: PRF apreende cerca de 49,5 quilos de maconha durante fiscalização em trecho da BR-242 em Seabra

O infrator foi identificado e confessou ser o responsável pelo transporte da droga, inclusive relatou que ganharia R$1,5 mil pelo serviço.

Cerca de 49,5 quilos de maconha foram apreendidos pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), nesta terça-feira (29), no município de Seabra, na Chapada Diamantina. O flagrante ocorreu durante fiscalização de combate à criminalidade no Km-408 da BR-242 e, segundo a PRF, causou um prejuízo de R$50 mil para o tráfico de drogas.

Inicialmente, foi dada ordem de parada ao veículo que seguia de São Paulo (SP) com destino a Mossoró (RN). “Ao subir no ônibus e conversar com os ocupantes, a equipe percebeu um nervosismo incomum em um dos passageiros. Ele apresentou informações desencontradas acerca do destino e motivo da viagem”, aponta texto divulgado na página oficial da PRF.

Durante os procedimentos de fiscalização, os policiais encontraram uma mala ‘lotada’ com tijolos de maconha pronta para consumo. Ao verificarem uma caixa de papelão descobriram também mais uma quantidade expressiva da droga. Após pesagem, o volume apreendido correspondeu a aproximadamente 49,5 quilos.

O infrator foi identificado e confessou ser o responsável pelo transporte da droga, inclusive relatou que ganharia R$1,5 mil pelo serviço. Disse ainda que levaria os tijolos de maconha para a cidade de Juazeiro do Norte (CE).

Foi dada voz de prisão em flagrante e o traficante com o produto apreendido foram apresentados a autoridade de plantão da Delegacia de Polícia Civil em Seabra. Inicialmente, ele responderá pelo crime previsto no artigo 33 da Lei 11.343/2006, cuja pena varia de 5 a 15 anos de prisão. Jornal da Chapada com informações da PRF.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios