CidadesCuriosidadesEconomiaMenu PrincipalTop
Trending

#Chapada: Projeto Sempre-Viva é alvo de roubo em Mucugê; quantia em dinheiro da reserva de manutenções rápidas foi levada

De acordo com Tiago Profeta, coordenador do projeto, ainda não há suspeitos pelo crime, mas um boletim de ocorrência já foi feito e o caso está sendo investigado.

O Projeto Sempre-Viva, no município de Mucugê, na Chapada Diamantina, foi alvo de um roubo entre os dias 28 e 29 de outubro. Na ocasião, uma quantia em dinheiro da reserva de manutenções rápidas foi levada. De acordo com Tiago Profeta, coordenador do projeto, ainda não há suspeitos pelo crime, mas um boletim de ocorrência já foi feito e o caso está sendo investigado.

“Já passamos para a delegacia todas as informações sobre o ocorrido. A investigação da Polícia Civil vai nos dar um maior respaldo para falar em suspeitos”, diz Profeta, neste sábado (7), ao Jornal da Chapada.

O Sempre-Viva também foi um dos alvos dos incêndios que ocorreram na Chapada Diamantina no mês de outubro. O fogo partiu das imediações do Rio Piabas, na região entre os municípios de Andaraí e Mucugê. As chamas destruíram parte da reserva ambiental do Parque Municipal – onde fica o projeto, bem como 100 metros de fio elétrico.

A estrutura física do projeto não foi afetada. “Já conseguimos até resolver a questão hidráulica toda do projeto que foi afetada pelo fogo e temos um plano de recuperação do projeto”, explica o coordenador.

O Parque Municipal de Mucugê, na Chapada Diamantina, foi criado para abrigar o Projeto Sempre-Viva, que tem como objetivo a preservar o ecossistema da região, especialmente a ‘Sempre-viva’ – flor típica da Chapada que está ameaçada de extinção.

Jornal da Chapada

Etiquetas

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios