AssessoriaCidadesCuriosidadesMenu PrincipalTop
Trending

#Chapada: Sesab aponta que mais de 300 óbitos por covid já foram confirmados na região; mais de cinco mil casos estão ativos

Entre os municípios que apresentam o maior número de óbitos, está Itaberaba com 49 casos, e em Jacobina, onde 19 pessoas morreram infectadas com a doença.

A Secretaria Estadual de Saúde (Sesab-BA) divulgou o boletim oficial epidemiológico e identificou mais de 300 óbitos por complicações causadas pela covid-19, que foram computados entre os municípios da região da Chapada Diamantina. Os dados foram atualizados na última quarta-feira (6).

A informação disponibilizada no site do governo estadual identifica que dos 93,53% dos municípios baianos registraram óbitos e mais de 15 municípios estão na região chapadeira. Entre os municípios que apresentam o maior número de óbitos está Itaberaba com 49 óbitos (apesar da atualização, na quarta, do boletim municipal publicado pela prefeitura contabilizar 46 mortos). Em Jacobina, 19 pessoas morreram infectadas com a doença.

São computados óbitos também em Capim Grosso, Ibicoara, Livramento de Nossa Senhora, Seabra, Mairi, Miguel Calmon, Marcionílio Souza, Ruy Barbosa, Utinga, Mucugê e Morro do Chapéu. Juntas somam 73 mortes por infecção da doença causada pelo novo coronavírus.

Além de Lençóis, Barra do Mendes, Pintadas, Ruy Barbosa, Mulungu do Morro, Bonito, Itaetê, Andaraí, Contendas do Sincorá, Barra da Estiva, Abaíra, Baixa Grande, Boa Vista do Tupim, Mundo Novo e Boninal, municípios que identificam ao total 52 óbitos. Os outros municípios registram a variação dos números abaixo de cinco vítimas fatais por localidade.

A região tem poucas vagas para Unidade de Terapia Intensiva | FOTO: Divulgação |

A Bahia ultrapassa meio milhão de pessoas infectadas pelo coronavírus em dez meses da pandemia e, somente nas últimas 24 horas, foram registrados 3.038 casos confirmados de covid-19. Dos 502.938 casos confirmados, 488.294 já são considerados recuperados, 5.340 encontram-se ativos e 9.304 tiveram óbito confirmado.

O número total de óbitos por covid-19 na Bahia desde o início da pandemia representa uma letalidade de 1,85%. Dentre os óbitos, 56,53% ocorreram no sexo masculino e 43,47% no sexo feminino. Em relação ao quesito raça e cor, 54,79% corresponderam a parda, seguidos por branca com 19,07%, preta com 14,63%, amarela com 0,67%, indígena com 0,13% e não há informação em 10,72% dos óbitos.

O percentual de casos com comorbidade foi de 70,79%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (73,61%). A Sesab ainda informa que o boletim epidemiológico da quarta-feira contabiliza 28 óbitos na Bahia que ocorreram em diversas datas. Também aponta para “a existência de registros tardios ou acúmulo de casos deve-se a sobrecarga das equipes de investigação, pois há doenças de notificação compulsória para além da covid-19″.

“Outro motivo é o aprofundamento das investigações epidemiológicas por parte das vigilâncias municipais e estadual a fim de evitar distorções ou equívocos, como desconsiderar a causa do óbito um traumatismo craniano ou um câncer em estágio terminal, ainda que a pessoa esteja infectada pelo coronavírus”, conclui a Sesab.

Jornal da Chapada

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios