CidadesCuriosidadesMenu PrincipalPolíticaTop
Trending

#Chapada: Prefeita de Lençóis assume diretoria de Turismo e Meio Ambiente do consórcio público ‘Chapada Forte’

“A nossa intenção é organizar toda a cadeia turística, não só em Lençóis, mas em toda a Chapada Diamantina. Nós sabemos que o turista circula entre os municípios em busca dos nossos atrativos, por isso, estarmos alinhados e oferecermos o mesmo padrão de qualidade”, diz a gestora Vanessa Senna.

No intuito de revisar e aprovar estatuto e definir novos diretores de eixos temáticos, o Consórcio Intermunicipal de Desenvolvimento da Chapada Diamantina, conhecido como ‘Chapada Forte’, deu início às atividades na última quarta-feira (3). Se reuniram prefeitos e representantes dos 21 municípios que compõem o bloco para a primeira assembleia geral ordinária de 2021. Em destaque, a prefeita de Lençóis Vanessa Senna (PSD), que vai liderar a diretoria de Turismo e Meio Ambiente da entidade.

Para a gestora, Lençóis é uma cidade que vive quase que exclusivamente do turismo, o que faz com que todos os esforços voltados para o setor gerem uma expertise a ser compartilhada com os demais municípios. “Lençóis recebeu o título de melhor destino ecoturístico do país, em 2019, nós temos mais de seis mil leitos hoteleiros, inúmeras belezas naturais e uma grande oferta de serviços agregados, mas mesmo assim, a cidade vinha sendo vendida de forma aleatória, sem nenhum planejamento”, aponta a prefeita.

“A nossa intenção é organizar toda a cadeia turística, não só em Lençóis, mas em toda a Chapada Diamantina. Nós sabemos que o turista circula entre os municípios em busca dos nossos atrativos, por isso, estarmos alinhados e oferecermos o mesmo padrão de qualidade em relação aos serviços e à hospitalidade são fundamentais para que ele [o turista] não apenas volte, mas também seja um divulgador em potencial da nossa região”; completa Vanessa Senna.

Fundado em 2013, o consórcio público tem o objetivo de estabelecer relações de cooperação federativa e, inclusive, a realização de objetivos de interesse comum. Ele pode ser considerado como uma modalidade de associação entre entes federados, que compõem a administração indireta dos entes consorciados, com interesses de planejamento à regulação e à execução de atividades de um modo geral ou de serviços públicos de interesse comum. O consórcio já conquistou investimentos na ordem de R$30 milhões, representando assim, um forte instrumento a serviço do desenvolvimento dos municípios que o integram.

Jornal da Chapada

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios