CidadesCuriosidadesEditorialMenu PrincipalTop
Trending

#Polêmica: Justiça determina que estado pague indenização à família de Aécio por aeroporto de Cláudio

A obra foi feita dentro da fazenda de um tio do ex-governador de Minas e funcionava praticamente como pista de pouso particular.

Familiares do deputado Aécio Neves (PSDB-MG) vão receber indenização total no valor de R$ 2,1 milhões, do estado de Minas Gerais, pelas terras pertencentes à família do ex-presidenciável, que foram incorporadas ao aeroporto do município de Cláudio. A decisão da primeira instância dobrou o valor estipulado anteriormente. Quase metade da indenização já foi pago à família no início da obra.

O estado ainda precisa desembolsar mais de R$ 1,1 milhão para a família do deputado. O valor ainda pode aumentar por causa dos juros de 6% ao ano. A decisão foi da Comarca de Cláudio, que se localiza a cerca de 150 km de Belo Horizonte, e cabe recurso. O chamado aeródromo de Cláudio foi construído em 2010, quando Aécio estava encerrando seu segundo mandato como governador de Minas.

A obra custou R$ 14 milhões aos cofres públicos e o local da construção foi escolhido pelo próprio governo, que disse, à época, ser uma questão de utilidade pública. A obra foi feita dentro da fazenda de um tio de Aécio e funcionava praticamente como pista de pouso particular. O hoje deputado usava a pista sempre que estava na cidade.

Chaves com a família
Além disso, as chaves que davam acesso à pista ficavam com a família de Aécio, o que caracterizava ainda mais como sendo um empreendimento particular. Hoje, a área se tornou pública. O Ministério Público de Minas Gerais (MP-MG) investiga, desde 2018, o superfaturamento da obra em Cláudio. Ainda não houve resultado em relação às apurações. A Advocacia-Geral do Estado informou que não foi intimada sobre a determinação. Da Revista Fórum com informações da Carta Capital e do Poder360.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios