CidadesCuriosidadesEsportesMenu PrincipalTop
Trending

#Turismo: Site do Reino Unido conta história e destaca as peculiaridades naturais da Chapada Diamantina

O site 'The Yorker', da Universidade de York, fez uma matéria especial sobre as belezas da Chapada Diamantina para seu público no Reino Unido.

A Chapada Diamantina se tornou destaque no Reino Unido, na última terça-feira (23), após uma publicação no site ‘The Yorker’, administrado por estudantes da Universidade de York, na Inglaterra. A matéria apresenta a localização geográfica, bem como sua história e os municípios turísticos que compõem a região chapadeira. A publicação correlaciona o tamanho da Chapada com o tamanho de Londres.

“Embora apareça uma pequena mancha oval no mapa brasileiro, a região ocupa cerca de 600 milhas [1.520 km²] quadradas de terra, aproximadamente o equivalente ao tamanho de Londres”, aponta o site. A trupe faz um breve passeio nos municípios turísticos como Lençóis – principal cidade colonial, Mucugê, “conhecida por suas espécies endêmicas de flores secas [Comanthera mucugensis, a Sempre Viva e ‘seu cemitério bizantino’”.

Sobre as atrações naturais ganhou destaque a Gruta Azul. “Não precisa de fadas, em vez disso, é o sol do meio da tarde que faz mágica, banhando a gruta todos os dias com uma luz azul surpreendente”, aponta a publicação. O texto citou a água da Gruta da Pratinha. Encantados, ainda destacam a “clareza, que permite aos mergulhadores verem o mundo aquático com detalhes gloriosos, principalmente seus cardumes de peixes dançantes”. Falam da Cachoeira da Fumaça, e a história deixada pelo Morro do Pai Inácio.

Os ingleses ressaltam as peculiaridades da fauna e da flora encontradas nas trilhas da Chapada. “A área também é um deleite para os observadores de pássaros, com 350 espécies de pássaros, em especial o ‘Visorbearer Capuz’, uma espécie de beija-flor. Tem um rosto verde brilhante e marcante e uma faixa branca em volta do pescoço, que resultou em seu apelido brasileiro de ‘gravatinha’”, revelam.

Finalizam a narrativa dizendo que “embora tenham sido as joias e as riquezas que primeiro atraíram o homem para a Chapada Diamantina, os verdadeiros tesouros estão na geografia e na vida selvagem. Com joias escondidas em cada esquina, não é de se admirar que o parque tenha sido apelidado de ‘mundo perdido do Brasil’. Veja a matéria completa aqui…

Jornal da Chapada

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios