CidadesCuriosidadesEconomiaMenu PrincipalTop
Trending

#Bahia: Rui anuncia ‘lockdown’ a partir das 20h desta sexta até 5h da segunda por causa da pandemia; só serviços essenciais funcionarão

A medida de restrição tem o intuito de conter crescimento de contágios do novo coronavírus e lotação de UTI no estado e na capital.

Ficam suspensas todas as atividades não essenciais a partir das 20h desta sexta-feira (26) até 5h da segunda-feira (1º de março). O anuncio do fechamento total de serviços não essenciais, o ‘lockdown’, foi feito em coletiva de imprensa nesta quinta-feira (25) pelo governador Rui Costa (PT), junto com o prefeito de Salvador, Bruno Reis (DEM), em acordo com os municípios do estado da Bahia.

Conforme informação, o fechamento será de forma fracionada para não gerar congestionamento do transporte público. A ação tem início às 17h com o fechamento das lojas de ruas. Às 18h os bares e restaurantes e às 20h as lojas de shopping. Entende-se como serviço não essencial toda a atividade que não esteja relacionado com saúde pública e serviço de alimentação. Durante o ‘lockdawn’, o transporte público estará funcionando exceto no horário do toque de recolher (20h às 5h).

O governador Rui Costa e o prefeito de Salvador Bruno Reis | FOTO: Divulgação/TV Bahia |

Desde que ascendeu o alerta com o crescimento de número de contágio e superlotação de leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTI), para tratamento da covid-19 o chefe do executivo, Rui Costa disse que não hesitaria em tomar medidas mais duras (veja aqui).

O prefeito de Salvador aponta que efetivamente este é o pior momento de enfrentamento da covid-19. “Os números de ocupação das UPA’s nas últimas 24h superam o dobro do pico da chamada primeira onda. Regulamos nas últimas 24h, 66 pacientes e têm 67 em espera, aguardando a vacância de leitos”, revela Bruno Reis.

Jornal da Chapada

Confira a coletiva completa

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios