CidadesCuriosidadesMenu PrincipalPolíticaTop
Trending

#Chapada: Estudantes de colégio estadual denunciam falta de professores para disciplinas em Mucugê

Os discentes afirmam que não estão obtendo meios de como suprir a falta dessas disciplinas e cobra ação do governo.

Os estudantes do terceiro ano do Ensino Médio do Colégio Estadual Horácio De Matos (CEHM), anexo de João Correia, com sede no município de Mucugê, na Chapada Diamantina, estão denunciando a falta de professores para algumas disciplinas. Além dos 27 estudantes da turma do terceiro ano, outros 54 alunos das demais séries do Ensino Médio também estão sendo atingidos pelo mesmo problema.

Eles relatam que a situação ocorre desde o início de julho de 2020, quando ficaram sem professor (a) da disciplina de Matemática. “Esse ano o problema se agravou, sem professores nas disciplinas de Matemática, Física, Química, Biologia e Geografia”, dizem, por meio das redes sociais os discentes.

“Todos sabem da importância dessas disciplinas para o nosso aprendizado, as aulas em Ensino a Distância [EAD] já possuí suas dificuldades e, agora, com a falta dessas matérias, tudo fica ainda mais difícil”, comentam. Ao Jornal da Chapada (JC), eles contam que o problema acontece especificamente com essas matérias. Os estudantes afirmaram que buscaram a direção, coordenação institucional e sites governamentais, mas até então não tiveram retorno.

“A direção e a coordenação afirmam que estão sempre procurando resolver a situação, alguns pais e alguns de nós alunos prestamos queixas nos sites do governo”, afirmam, em nota, ao JC. Os estudantes informaram também que prestaram uma queixa na Ouvidoria da Educação. “Nós do 3° ano enviamos uma queixa formal via e-mail para a ouvidoria da educação”.

Os estudantes pontuam que não estão tendo meios de suprir a falta dessas disciplinas que são importantes, inclusive para um bom desempenho no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

“O colégio não nos orientou em nada nessa questão, simplesmente falou que quando esses professores chegassem, eles iriam adiantar ao máximo os assuntos para que nos fossem dados os conteúdos… Nos deixando nesse momento sem suporte algum, quem quiser que estude por conta própria, não temos acesso ao caderno de apoio nessas disciplinas e para piorar não temos nenhum livro didático para nós mesmo estudarmos”, informam.

Segundo os estudantes de Mucugê, o problema com a falta de livros também sempre foi recorrente. “Faltam muito as vezes como ano passado e nesse ano nem recebermos… Nosso anexo é praticamente esquecido, sempre ficamos como os de última hora”, lamentam em contato com o jornal.

Jornal da Chapada

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios