CidadesCuriosidadesEditorialMenu PrincipalTop
Trending

#Polêmica: Bolsonarista que torturou quilombola é preso no Rio Grande do Norte

Alberan de Freitas é acusado do crime de tortura por amarrar e espancar jovem negro, no meio da rua, na cidade de Portalegre (RN).

O bolsonarista Alberan Freitas, comerciante que amarrou e espancou o jovem quilombola Luciano Simplício na cidade de Portalegre (RN), foi preso pela Polícia Civil na tarde desta sexta-feira (17).

O mandado de prisão preventiva, segundo a agência Saiba Mais, foi expedido pela Comarca de Justiça de Portalegre, que também determinou a prisão de André Diogo Barbosa, amigo de Alberan que também teria participado das agressões.

Enquanto o comerciante foi encontrado no supermercado próximo onde se deu o espancamento, Barbosa, que é servidor público, está foragido. Ambos são acusados do crime de tortura.

O caso, ocorrido no último sábado (11), chocou o país a partir de vídeo que veio à tona na segunda-feira (13). Nas imagens, Alberan, que é bolsonarista, aparece pisando no jovem quilombola Luciano Simplício, que estava amarrado e implorando por ajuda. As informações são da Revista Fórum.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios