Pular para a barra de ferramentas
CidadesCuriosidadesMenu PrincipalPolítica

De Filho para pai: O indicado para vice na chapa da oposição seria Leur Lomanto

leurs
O ex-deputado federal Leur Lomanto | FOTO: Reprodução/Bocão News |

A formação da chapa de oposição ainda está em processo. O prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), coordenador do processo, pediu tempo e tenta harmonizar os ânimos em busca de uma solução que mantenha o grupo unido. Dada como certa a escolha do ex-governador Paulo Souto (DEM) para encabeçar a chapa, a nova informação desta semana foi a inclusão de mais um nome no quadro dos possíveis indicados. O deputado estadual Leur Lomanto Júnior ocuparia a vice. Embora lideranças do democratas e dos peemedebistas tenham confirmado a entrada desta nova variável na equação, fonte segura do site Bocão News garante que na verdade o nome apresentado para compor não é o deputado estadual, é sim o pai Leur Lomanto.

O ex-deputado federal ainda tem recall eleitoral no interior do estado e é amigo pessoal do pré-candidato ao governo estadual Geddel Vieira Lima (PMDB) e do presidenciável Aécio Neves (PSDB). Leur Lomanto foi um dos coordenadores da campanha do peemedebista em 2010. O nome que pode surpreender algumas pessoas foi bem recebido dentro do grupo, pelo menos, pelo pessoal do DEM e do PMDB. Antes de descrever a reação dos tucanos, vale ressaltar que a vice não é o problema. A solução passa pela presença de Geddel na majoritária. A vaga que sobra é de senador e poucos estão dispostos a arriscar ficar sem mandato numa cruzada contra Otto Alencar (PSD).

Além do adversário, consta também o desejo declarado do cacique peemedebista de ser ou ao menos tentar ser chefe do Poder Executivo estadual. O ex-ministro da Integração Nacional não esconde o anseio, mas não deve “bater de frente” com Neto antes do anúncio oficial. Os tucanos, liderados pelo deputado federal Jutahy Magalhães, se anteciparam e propuseram a participação do ex-prefeito de Mata de São João, João Gualberto para representar o partido na chapa. Contudo, como o palanque da Bahia, quarto maior colégio eleitoral, interessa Aécio Neves, as lideranças do PSDB não devem impor restrições a uma chapa formada por DEM, PMDB e PMDB. Extraído do site Bocão News.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios