Pular para a barra de ferramentas
CidadesCuriosidadesMenu PrincipalPolítica

Chapada: Prefeito petista de Baixa Grande é punido por contratar empresas sem licitação

pt
O atual gestor de Baixa Grande, Pedro Lima Neto (PT), foi multado em R$ 1,5 mil pelo órgão fiscalizador | FOTO: Reprodução |

Na sessão de terça-feira (22), os conselheiros do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) decidiram pela procedência do termo de ocorrência lavrado contra a prefeitura do município de Baixa Grande, na Chapada Diamantina, sob a administração de Pedro Lima Neto (PT), em função de irregularidades nas contratações das Empresas 3Tecnos Tecnologia Ltda. e o Instituto Municipal de Administração Pública (Imap), no exercício de 2013. O conselheiro José Alfredo Rocha Dias, relator do processo, aplicou uma multa de R$ 1,5 mil e determinou a rescisão dos contratos em andamento, solicitando a correta realização das licitações.

Conforme entendimento da relatoria, tanto a 3Tecnos Tecnologia Ltda., quanto a Imap, possuem inúmeros concorrentes presentes no mercado profissional, não havendo portanto a necessidade da contratação por inexibilidade, salvo quando for direcionado ao “ensino”, “desenvolvimento institucional”, “pesquisa” ou “recuperação social do preso”, itens previstos na Lei de Licitações. O gestor foi chamado para prestar seus esclarecimentos, apresentou sua defesa, porém, não foi acolhida pela Corte. O petista pode recorrer da decisão.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios