AssessoriaCidadesCuriosidadesMenu Principal

Governador prestigia sessão especial em homenagem ao Centenário de Irmã Dulce

wagner
Governador prestigia sessão especial em homenagem ao Centenário de Irmã Dulce | FOTO: Alberto Coutinho/Secom |

​O governador Jaques Wagner dedicou a manhã desta segunda-feira (19) à Irmã Dulce dos Pobres. Presente na sessão especial em homenagem ao centenário da religiosa, realizado no plenário da Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA), Wagner não lhe economizou elogios, contou estórias e demonstrou sua fé naquela, que, para ele, já é santa. O governador elogiou também o proponente da sessão, deputado estadual e líder da bancada católica na ALBA, Yulo Oiticica, não só pelo momento de fé do qual participara, mas também pelo projeto que criou o Dia Estadual da Bem Aventurada Dulce dos Pobres. “Tudo isso, e mais as homenagens que estão previstas para seu centenário, será pouco diante do que ela fez”, disse o governador em seu discurso.

Imbuído pelo sentimento que se instalou no plenário, desde o momento em que o deputado Yulo Oiticica abriu a sessão com palavras que emocionaram a todos, Wagner ressaltou a importância dos valores deixados por Irmã Dulce. Para ele, são valores que estão se perdendo na modernidade. “Pessoas que trabalham pelos pobres e ostentam valores espirituais e de fé na família, devem ser sempre lembradas, pois nesse momento, e isso é a fonte dos maiores problemas sociais no mundo de hoje, os valores materiais, infelizmente, são os patrimônio exaltados”, disse.

Wagner surpreendeu a muitos ao chamar à atenção da presença da freira no plenário. “Vejam que ela está no local mais alto da pintura que ornamenta este espaço”, apontou, fazendo todos olharem para grande e bela gravura do artista Carlos Bastos, que homenageia grandes personalidade da Bahia. “Bastos, na pintura, previu a sua grandeza, entre tantos, a colocou no local mais alto e mais próximo de Deus”, acrescentou.

Outra peculiaridade sobre a freira foi contada pelo governador ao lembrar o discurso de Yulo Oiticica, que entre outros fatos da trajetória de Irma Dulce, narrou que ela foi a fundadora da União Operária São Francisco, no Largo de Roma, primeiro movimento operário de Salvador. Com isso, Yulo ressaltou que ela tinha a noção da importância da união dos trabalhadores. “Poucos sabem, mas foi no espaço fundado por ela, que fizemos inúmeras reuniões, que acabaram sendo a raiz da fundação do Partido dos Trabalhadores”, contou.

Como exemplo de outras homenagens à freira, o governador lembrou que a nova unidade da Fundação da Criança e do Adolescente (Fundac), dirigida por Ariselma Pereira, uma das autoridades que compôs a mesa da sessão, e que será inaugurada em breve, no município de Camaçari, recebera o nome da Bem Aventurada.

Etiquetas
Mostrar mais

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Pular para a barra de ferramentas