Governo e Febraban assinam termo para combater crimes contra instituições bancárias

Postado em jun 5 2014 - 7:00pm por Jornal da Chapada
governo

Após a assinatura do termo de cooperação, o governador Jaques Wagner participou, também no Ministério Público, de mais uma reunião do Comitê Executivo do Programa Pacto pela Vida | FOTO: Alberto Coutinho/GOVBA |

Um termo de cooperação técnica foi assinado pelo governador Jaques Wagner e representantes da Federação Brasileira de Bancos (Febraban) nesta quinta-feira (5), na sede do Ministério Público Estadual. O objetivo é criar ações conjuntas para combater a criminalidade e o crime organizado contra instituições bancárias. O governador afirmou que a ação é positiva, mas defendeu uma legislação que permita a destruição das cédulas em caso de assalto. “Já temos tecnologia para isso, basta apenas ter uma legislação específica. Com a destruição das cédulas, o combate seria mais efetivo”, afirmou o governador. Segundo o secretário da Segurança Pública, Maurício Barbosa, desde 2011 o estado vem reduzindo os índices de assaltos às agências bancárias e os sequestros de gerentes. Em 2013, mais de 200 pessoas envolvidas neste tipo de crime foram presas e 20 quadrilhas foram desarticuladas.

“Fazemos operações conjuntas com o Exército brasileiro na fiscalização de explosivos. Há três anos fazemos operações e apreendemos uma grande quantidade de explosivos. Temos ações de inteligência com troca de informações com a polícia de outros estados. Tudo isso nos rendeu números satisfatórios no número de prisões”, ressaltou Barbosa. O diretor jurídico da Febraban, Antonio Carlos Negrão, explicou que para colaborar com as investigações que envolvem crimes contra agências bancárias e caixas eletrônicos, a instituição vai disponibilizar com mais rapidez as imagens de segurança com registro da ação dos criminosos e buscar alternativas de forma conjunta com a polícia para combater esse tipo de crime.

wagner

O governador Jaques Wagner durante audiência | FOTO: Alberto Coutinho/GOVBA |

Mês de maio registra redução de crimes em Salvador
Após a assinatura do termo de cooperação, o governador Jaques Wagner participou, também no Ministério Público, de mais uma reunião do Comitê Executivo do Programa Pacto pela Vida. A capital baiana reduziu em 6,1% o número de CVLIs (Crimes Violentos Letais Intencionais – Homicídio, Latrocínio e Lesão Corporal seguida de Morte) em maio, comparando com o mesmo mês do ano anterior.

“Esses dados são uma conquista nossa. No ano passado, tivemos uma redução de 7,8%. Esta foi a primeira vez que tivemos uma redução como esta. É o resultado dos grandes investimentos que estamos realizando na área de segurança pública e queremos melhorar ainda mais. Tenho muito orgulho desse trabalho e dos esforços que gestores e policiais estão fazendo. Essa integração é importante para os resultados serem cada vez mais positivos”, afirmou o governador, durante a reunião. Na Região Metropolitana de Salvador (RMS) houve aumento de 7,8%, também em comparação com o mesmo período de 2013. No acumulado de janeiro a maio, em Salvador, o índice avançou em 1,5%, enquanto que na RMS, a elevação foi de 13,7%, em relação a 2013.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.