Justiça determina retirada de calúnia petista postada no Facebook

Postado em ago 11 2014 - 11:40am por Jornal da Chapada
face

O descumprimento da sentença prevê multa diária de R$ 5 mil | FOTO: Reprodução |

“A Justiça está alerta para conter o desespero do PT”, afirma o presidente da coligação “Unidos pela Bahia”, José Carlos Aleluia, diante da decisão liminar proferida pelo juiz Márcio Reinaldo Miranda Braga, na tarde deste domingo (10), que determina a imediata retirada de conteúdo inverídico, ofensivo, calunioso, difamatário e injurioso postado no Facebook pelo candidato petista a governador contra o adversário Paulo Souto. O descumprimento da sentença prevê multa diária de R$ 5 mil.

Para Aleluia, o desespero e a falta de compromisso com a verdade dos petistas não têm limites. “Paulo Souto chegou a ser difamado por um fato ocorrido num período que ele nem sequer era governador. O governador era o hoje aliado do PT, Otto Alencar. Foi ele o signatário do decreto, em 2002, que reconheceu a utilidade pública dos imóveis que foram utilizados para a revitalização do Pelourinho, que nem foi iniciada naquele ano como desinforma o petista em seu post”.

Aleluia considera que não será de forma difamatória, caluniosa, ofensiva e injuriosa que o candidato do PT vai conquistar a simpatia e a confiança do eleitorado baiano. “É até compreensível que o desespero tome conta dele, que, nas duas pesquisas realizadas pelo Ibope, instituto de renome nacional, não atingiu nem um dígito no índice de intenção de voto. Ele deveria se mirar na segunda colocada nas pesquisas, a candidata Lídice da Matta, que, a exemplo de Paulo Souto, tem pautado sua campanha dentro de princípios éticos”.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.