Pular para a barra de ferramentas
CidadesCuriosidadesMenu Principal

Salvador: Vereador do PT quer fortalecer movimento estudantil com participação política

suíca
Luiz Carlos Suíca é vereador de Salvador pelo Partido dos Trabalhadores | FOTO: Reprodução |

O fortalecimento do movimento estudantil na Bahia com a eleição do Diretório Central dos Estudantes (DCE) da Universidade Federal (Ufba), a nova resolução do PT que trata a corrupção com maior austeridade e o Dia Internacional de Luta contra a Aids [1º. de dezembro]. Esses foram alguns dos assuntos tratados pelo vereador de Salvador Luiz Carlos Suíca (PT) neste final de semana e que deve levar nesta segunda-feira (1ª) para a Câmara Municipal. Para Suíca, a vitória da chapa 4, denominada de ‘Mandacaru’, comandada pela estudante de direito Lorena Pacheco, fortalece o processo eleitoral da unidade, assim como todo o movimento, que agora vai debruçar sobre temas importantes na sociedade. “O movimento estudantil segue crescendo e agora com maior participação política de suas lideranças. Mais de 7 mil estudantes foram para as urnas eleger a nova direção, que terá a responsabilidade de articular e encabeçar discussões, como mais educação, saúde, transporte e segurança pública de qualidade, além das reformas política e tributária, que seguem também na pauta”, frisa o edil.

Outro assunto defendido pelo petista se refere à resolução aprovada pelo diretório do PT, onde o partido assume o desafio de liderar o combate à corrupção sistêmica no Brasil. “Estive no encontro a EPS [Esquerda Popular Socialista], em Fortaleza, e cobramos mais rigor no combate à corrupção. Esse encontrou abriu os debates na reunião nacional do PT, que também foi no Ceará, e reuniu militantes e representantes dos movimentos sociais do país. Em documento, o partido segue pedindo a continuidade de investigações sobre denúncias de corrupção na Petrobras”, destaca Suíca. Ainda de acordo com o vereador, “essa será a bandeira a ser defendida para o futuro do partido”. Já sobre o Dia Internacional de Luta contra a Aids, Suíca realizou uma sessão especial na última sexta-feira (28) na Câmara e apontou “que a data [1º de dezembro] serve para reforçar a solidariedade, a tolerância, a compaixão e a compreensão com as pessoas infectadas pelo HIV/aids”.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios