Governo da Bahia gastará R$ 730 mil por ano com alimentação e outros itens

Postado em jan 25 2015 - 10:41am por Jornal da Chapada
dinheiro

| FOTO: Reprodução |

O governador Rui Costa, que ainda não se mudou para o Palácio de Ondina por ainda se encontrar em reforma, já tem definidos seus fornecedores de gêneros alimentícios, material de limpeza e itens descartáveis. O contrato assinado pela Secretaria da Casa Civil do governo do estado custará aos cofres públicos R$ 730 mil por um ano e os contratados fornecerão os produtos e serviços para, além do governador e familiares, funcionários, chefes de estado e outras autoridades em visitas, receptivos ou eventos institucionais realizados na residência oficial do líder do Executivo baiano.

Entre os contratos, a Empresa Baiana de Alimentos (Ebal), administradora da rede de lojas Cesta do Povo, terá dois contratos, sendo um para material de limpeza e descartáveis e outro para produtos de mercearia e receberá pelos 12 meses de contratos o valor de R$ 313.988,48.

Para fornecer produtos perecíveis como frutos do mar e peixes, a empresa HTM Britos Comércio, Consultoria e Serviços receberá R$ 127.500,00; para fornecer carnes e aves a Supercia Comércio de Alimentos receberá um montante de R$ 154.569,72; e para ter horti fruti no Palácio de Ondina, o governador contratou a Fast Supplier Marítimos por um valor de R$ 134.279,76.

O montante destinado aos itens de consumo pessoal soa contraditório com as medidas de enxugamento da máquina pública, como dificuldade em fechar o projeto de reajuste salarial dos servidores do estado. Extraído do site Bocão News.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.