Pular para a barra de ferramentas
CidadesCuriosidadesMenu PrincipalMundo

Mundo: Após ter o pênis decepado duas vezes, homem é chamado para fazer filme pornô

homem
Ideia dos produtores é que ele contracene com a amante | FOTO: Reprodução |

Após ter perdido o pênis por duas vezes, o chinês Fan Lung, que mora em Shangqiu (China), recebeu vários convites para estrelar um filme pornô. Segundo a coluna “Page not Found”, do jornal O Globo, a indústria pornográfica enxergou Fan como dono de grande potencial para filmes adultos. A ideia dos produtores é que ele contracene com a amante. Entretanto, o chinês questionou como faria um filme pornô sem pênis e não aceitou o convite.

Relembre o caso
No início de 2015, uma mulher foi presa após descobrir a traição do marido e cortar o pênis dele por duas vezes. De acordo com o jornal ‘The Mirror’, Feng, 30 anos, teria lido algumas mensagens que seu marido Fan Lung, de 32 anos, havia enviado para a amante Zhang Hung, 21 anos. Furiosa, a mulher invadiu o quarto onde Lung dormia e cortou seu pênis. O homem foi enviado às pressas para um hospital próximo de sua casa e seu órgão genital foi costurado de volta. No entanto, Feng foi até o hospital e cortou o pênis do marido pela segunda vez.

“Uma pessoa foi até a recepção do hospital para dizer que tinha um homem nu espancando uma mulher na porta da instituição. Quando nossa equipe se deu conta, era o casal e a mulher havia cortado o pênis do homem pela segunda vez”, contou um porta-voz do hospital. Médicos e policiais vasculharam a área externa do hospital, mas não encontraram o membro do homem. Eles acreditam que ele pode ter sido pego por um cão ou gato de rua. Feng chegou a ser internada para tratamento e agora está presa por lesão corporal grave. A amante afirmou que deseja se casar com o homem mesmo sem pênis. Extraído do jornal Correio.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios