Pular para a barra de ferramentas
CidadesCuriosidadesEsportesMenu Principal

Circuito baiano abre temporada no Centro Pan-Americano de Judô

foto
Centro Pan-Americano de Judô abre primeira temporada de eventos e competições | FOTO: Amanda Oliveira/GOVBA |

Em competição válida também como seletiva para a fase regional do Campeonato Brasileiro, 640 judocas de 22 cidades baianas movimentam o Centro Pan-Americano de Judô (CPJ), em Lauro de Freitas, participando do primeiro evento oficial no local. Eles disputam, neste sábado (14), a 1ª etapa do Circuito Baiano da modalidade. O centro, que no ano passado sediou o Desafio Internacional Brasil-Itália e seletiva nacional das categorias de base, é o principal espaço de treinamento da América Latina e local de preparação das equipes – brasileira e de outros países – que disputarão os Jogos Olímpicos Rio 2016. No circuito baiano, atletas de 49 equipes competem por medalhas e vagas para representar o estado no Campeonato Nacional da Região III, da qual fazem parte a Bahia, Minas Gerais, Espírito Santo e Rio de Janeiro.

Intercâmbio
Campeã brasileira na categoria até 52 quilos e vencedora do Desafio Brasil-Itália, Mayara Oliveira, 20 anos, é uma das promessas do judô baiano. Ela posta na estrutura de ponta do centro e no intercâmbio para conquistar o sonho de disputar as olimpíadas de 2020. “Não existe outro centro como este no Brasil e, com certeza, isso é muito importante para a gente crescer até porque virão seleções de outros países”. Da cidade de Santa Inês, o pequeno judoca Abraão Nobre, 12, também sonha com o futuro nos tatames. “Eu quero seguir, ser um campeão brasileiro, mundial e de olimpíadas”.

Treinos
Entre os dias 13 e 17 de abril, a Seleção Olímpica Brasileira de Judô fará uma semana de treinos no CPJ, que receberá ainda o Campeonato Brasileiro Regional e a segunda etapa do Circuito Baiano. Segundo o secretário do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte, Álvaro Gomes, outros grandes eventos internacionais devem ser realizados no centro antes das Olimpíadas. “Buscamos trazer outros eventos de grande porte que estimulam o esporte em nosso estado, como o mundial de tênis de mesa, e pretendemos trazer, ainda este o ano, o Campeonato Mundial de Luta Olímpica”, afirmou o secretário.

Segundo ele, a natação e o automobilismo vão ter em breve equipamentos para o desenvolvimento do esporte baiano. O secretário cita a nova piscina olímpica de Salvador, com inauguração prevista para o início do segundo semestre deste ano. Já o Kartódromo da Bahia, de acordo com Álvaro Gomes, vai ser construído em São Francisco do Conde, na Região Metropolitana de Salvador (RMS), contemplando a modalidade que utilizava o circuito existente na área onde fica o Centro Pan-Americano de Judô.

Infraestrutura
Construído por meio de parceria entre o Governo da Bahia, o governo federal e a Confederação Brasileira de Judô, o centro possui três prédios e ginásio climatizado de 3.800 metros quadrados com capacidade para 1.900 pessoas. Os quatro tatames obedecem aos padrões nacionais e internacionais de competições. A infraestrutura inclui ainda centro de preparação e recuperação física de atletas, piscina, quadra e aproximadamente 500 vagas de estacionamento, além do Centro de Capacitação Profissional, Museu do Judô e auditório para 200 pessoas, alojamento – 36 apartamentos para 72 atletas – e refeitório.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios