Pular para a barra de ferramentas
CidadesCuriosidadesMenu Principal

Prefeitura reforça atuação nas ruas devido às chuvas em Salvador

foto
Prioridade é cuidar da vida das pessoas e dar todo suporte necessário a desabrigados | FOTO: Reprodução/Gabriel Lima |

A Prefeitura tem reforçado a atuação nas ruas desde o temporal que atingiu a cidade na manhã da segunda-feira (27), dentro da Operação Chuva 2015. A ação envolve diversos órgãos municipais e serviços, como limpeza das vias, retirada de entulhos, orientação ao trânsito e assistência a desabrigados e familiares das vítimas fatais dos deslizamentos ocorridos nas localidades do Bom Juá e San Martin, dentre outras situações. De acordo com a Defesa Civil de Salvador (Codesal), 634 ocorrências foram registradas entre a meia-noite de ontem até às 16h desta terça-feira (28). A atuação conta com o apoio de órgãos municipais e do Corpo de Bombeiros e, dentre os serviços executados, estão a vistoria de áreas, auxílio às vítimas e cadastramento das famílias em locais de risco.

As unidades das Prefeituras-Bairro em Itapuã, Pau da Lima, Cabula/Tancredo Neves, Centro/Brotas, Cajazeiras, Cidade Baixa e Subúrbio/Ilhas funcionam normalmente para atender às solicitações dos moradores tanto em atividades rotineiras, como substituição de lâmpadas e limpeza, quanto às relacionadas com a chuva. Somente ontem, 27 pessoas foram presencialmente às unidades para pedir ajuda a situações provocadas pelo temporal.

No caso da unidade de Pau da Lima, por exemplo, 50 moradores da região do Coroado permaneceram na estrutura até que fosse disponibilizado o Espaço Axé para abrigamento. Em Cajazeiras, foi solicitado auxílio da Salvamar para ajudar às pessoas que ficaram ilhadas na situação de alagamento. As equipes de rua visitam as áreas mais críticas para ajudar na intermediação entre moradores e o poder público.

Ouvidoria – A Ouvidoria Geral do Município (OGM) segue com atuação em parceria com as demais secretarias da Prefeitura, no sentido de prestar atendimento de todo tipo de ocorrência através do Disque Salvador 156 e Portal Fala Salvador (www.falasalvador.ba.gov.br). A equipe de Relacionamento com a Comunidade da OGM também tem percorrido diversos pontos da cidade, em parceria com as lideranças comunitárias, acompanhando e encaminhando em caráter de urgência as situações consideradas de maior perigo. Além do atendimento e das visitas, as atividades englobam também produção de relatórios gerenciais para auxiliar na rápida atuação diante das ocorrências

Entre a segunda (27) e a manhã desta terça (28), a Ouvidoria recebeu 3.967 ligações através do Disque Salvador 156, sendo que 938 das chamadas foram registros de solicitações de serviço e 178 deles relacionados especificamente aos efeitos da chuva. Entre os serviços mais solicitados estão limpeza de bueiros e canais, deslizamentos, imóveis em risco, remoção de árvore caída em via pública, estabilização de encosta, dentre outros.

Limpurb – A Empresa de Limpeza Urbana de Salvador (Limpurb) já retirou, desde a segunda-feira, aproximadamente 900 toneladas de entulho das vias e a estimativa é de que o número ultrapasse uma tonelada nesta terça-feira (28). Aliado à atuação rotineira de coleta de lixo, o órgão atua na Operação Chuva com 280 agentes de limpeza em 20 equipes, contando também com três comboios compostos por um trator e três caçambas cada, dez carros-pipa, cinco caminhões abertos e 57 caçambas. As equipes atuam principalmente nas áreas onde ocorreram deslizamentos de terra.

Promoção Social – A Secretaria Municipal de Promoção Social e Combate a Pobreza (Semps) segue no atendimento das famílias afetadas pelos efeitos da chuva na capital baiana. Até o momento, 502 pessoas estão desabrigadas e a maioria são moradoras das localidades do Bom Juá, San Martin e Pau da Lima. Para o abrigamento dos desalojados, foram disponibilizados, além dos hoteis sociais de Pau da Lima e Itapuã, a Escola Municipal Helena Magalhães (Marechal Rondon), Paróquia de Marechal Rondon (Boa Vista de São Caetano) e Espaço Comunitário Axé (Pau da Lima). O cadastro das famílias desabrigadas está sendo encaminhada pela Codesal ao órgão para dar encaminhamento ao Aluguel Social – benefício no valor de R$300 disponibilizado pela Prefeitura durante três meses, podendo ser prorrogado pelo mesmo período.

Manutenção – A Secretaria Municipal de Manutenção (Seman) está atuando com 546 profissionais nas ruas para realização de serviços como desobstrução da rede de drenagem, recuperação da malha viária e poda de árvores. Desde o início do temporal, o órgão recebeu 637 solicitações envolvendo fuga de material, entupimento de bueiros, queda e árvores e de galhos de árvore.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios