Valmir lembra marco histórico da Independência da Bahia e destaca ações do governo

Postado em jun 26 2015 - 4:00pm por Jornal da Chapada
valmir

O deputado federal Valmir Assunção | FOTO: Agência Câmara |

O deputado federal Valmir Assunção (PT-BA) se pronunciou, nesta quinta-feira (25), e lembrou o marco histórico que culminou com a Independência da Bahia. É que no dia 25 de junho de 1822, a Câmara de Vereadores de Cachoeira decidiu pela Independência e, segundo Assunção, “foi em Cachoeira que o povo deu início ao importante processo que garantiu o 2 de julho de 1823, quando o exército português foi derrotado e a Bahia declarada independente”.

“O próximo dia 2 de julho é um dia importante para o estado. Já a partir desta quinta, as atividades do Governo do Estado da Bahia se transferem para Cachoeira para assim comemorar a independência na Bahia. Essa iniciativa foi do ex-governador Jaques Wagner e será continuada pelo governador Rui Costa”, afirma Valmir. De acordo com o petista, a batalha pela independência consolidou ainda o nome de Joana Angélica, Maria Quitéria, o Caboclo, entre outras personalidades que participaram dos conflitos que resultariam na derrota portuguesa.

O petista ainda destacou os elementos raciais que deram unidades aos embates do 2 de julho. “Tal como o pioneirismo da independência, é importante lembrar que a Bahia também foi o primeiro estado a sancionar um Estatuto sobre Igualdade Racial no país, uma contribuição ímpar para todo o Brasil. Os elementos raciais que se envolveram nos combates do 2 de Julho levam a um sentimento de unidade e revelam a identidade racial e cultural brasileira”, completa.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.