Faltou mais esforço de secretário para alternativa no projeto de reajuste dos servidores, diz Suíca

Postado em ago 18 2015 - 10:48pm por Jornal da Chapada



foto

O vereador Luiz Carlos Suíca durante sessão na Câmara de Vereadores | FOTO: Ascom |

A audiência da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) e a sessão plenária da Câmara de Salvador marcaram os debates envolvendo o projeto de reajuste salarial dos servidores da capital, nesta terça-feira (18). O líder da oposição, vereador Luiz Carlos Suíca (PT), apontou solução para o projeto de reajuste salarial dos servidores com a fragmentação da peça, mas diz que “faltou esforço a mais da gestão da prefeitura”. De acordo com o edil petista, o próprio Sindicato dos Agentes Comunitários de Saúde (Sindacs) se comprometeu em acabar com a greve para retomar as negociações.

“Na realidade só não teve acordo por falta de esforço do secretário de Gestão de Salvador, Alexandre Pauperio. Votaria a parte na qual os servidores e determinados sindicatos já aprovaram e os descontentes iniciariam um diálogo com a prefeitura para as mudanças necessárias, sem ninguém sair perdendo. Debateriam separadamente sem prejuízos para os agentes de endemias”, frisa Suíca.

De acordo com o edil, essa questão é polêmica e muito delicada, porque está dividindo os servidores. “Desmembrar seria a melhor solução, assim as categorias que não estão satisfeitas com o acordo são retiradas do projeto e só vota as que já fecharam o acordo”. O reajuste de 6,5% retroativo a maio foi aprovado na Câmara nesta terça sob protesto dos agentes comunitários de saúde e endemias.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.