Bahia: Detran terá novo diretor geral até início de fevereiro

Postado em jan 28 2016 - 1:12pm por Jornal da Chapada
foto5

O deputado Alex Lima, que já tornou pública sua insatisfação com a conduta de Maurício Bacelar | FOTO: Reprodução |

O governo do estado confirmou, através do secretário de Relações Institucionais do governo Rui Costa (PT), Josias Gomes, que Maurício Bacelar deixará o cargo de diretor-geral do Detran-BA nos próximos dias. Bacelar, que assumiu o cargo em 2015, é irmão do presidente do PTN baiano, o deputado federal João Carlos Bacelar. Já um nome para o cargo, que deve ser do PTN, mas Gomes não revelou.

Conforme apurou a reportagem do site Tribuna da Bahia, o nome escolhido é o do ex-coordenador da subprefeitura de Itapuã, Jackson Souza. Homem de confiança do deputado João Carlos Bacelar, Jackson terá a função de acalmar os petenistas e aliados, insatisfeitos com a atuação de Maurício Bacelar à frente do Detran.

O dirigente é acusado por aliados de centralizar ao seu favor ações do órgão, principalmente no interior do estado, o que tem despertado a ira de deputados tanto do PTN, quanto de partidos aliados que contam com a atuação do órgão para fortalecer seus mandatos perante os eleitores.

De acordo com o deputado Alex Lima, que já tornou pública sua insatisfação com a conduta de Maurício Bacelar à frente do Detran, as articulações para a substituição do atual dirigente estão sendo feitas diretamente entre o presidente do partido, João Carlos Bacelar, e o governo petista. “Só quem poderá dar os motivos reais [da saída de Maurício] é o governador e o líder do meu partido”, limitou-se Lima, que já declarou estar afastado das atividades internas do PTN. Com informações da Tribuna da Bahia.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.