Chapada: Professores do município de Baixa Grande entram em greve por tempo indeterminado

Postado em mar 6 2016 - 10:13am por Jornal da Chapada
foto68

O motivo da greve se deu por falta de resposta do executivo aos ofícios enviados pela APLB | FOTO: Reprodução/Site Bacia do Jacuípe |

Os professores municipais de Baixa Grande, na Chapada Diamantina, resolveram, após assembleia geral realizada na manhã da última sexta-feira (4), entrar em greve por tempo indeterminado. Eles estavam há 20 dias paralisados pedindo a devolução de vantagens, que segundo eles, lhes foram tiradas pela gestão atual do município. O prefeito Pedro Lima Neto (PT) foi comunicado sobre a decisão da categoria, através do ofício 016/2016, assinado pelos professores Antônio Gutembergue Tavares de Matos, vice-coordenador do Núcleo da Associação dos Professores Licenciados do Brasil (APLB) em Baixa Grande.

Leia também:
Chapada: Professores de Baixa Grande querem devolução de vantagens

O ofício comunica que o motivo da greve se deu por falta de resposta do executivo aos ofícios enviados pela APLB. Segundo representantes da classe, oito documentos foram enviados e não foi obtida nenhuma resposta. Nas redes sociais, representantes da APLB Baixa Grande disseram que a greve decretada na manhã desta sexta-feira (04) conta com apoio de 98% dos educadores da rede municipal de ensino, juntamente com auxiliares de serviços gerais e portaria. Com informações são do site Bacia do Jacuípe.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.