Pular para a barra de ferramentas
CidadesCuriosidadesEditorialMenu Principal

Vereador cobra segurança e critica agressão a transexual na capital baiana

foto67
Suíca ainda chama a atenção de autoridades públicas que fazem declarações e têm opiniões intolerantes | FOTO: Reprodução |

Mais um caso de violência contra transexual em Salvador revoltou o vereador Luiz Carlos Suíca (PT), nesta terça-feira (15). Dessa vez foi a jovem Bruna Menezes Conceição Dantas Vitória, de 23 anos, moradora de Pernambués, que foi alvo de transfobia e chegou a receber ameaça de morte, durante ação na última segunda (14).

“A violência contra membros da comunidade LGBT merece um basta – são sempre ações covardes. E a sociedade também precisa entrar neste debate e dá um basta. É um absurdo que ainda tenhamos que tratar de situações como esta em uma sociedade que se baga por ser ‘evoluída’. O respeito aos direitos individuais é quase nulo, e ainda temos que enfrentar entraves para que as investigações levam, de fato, a uma punição aos agressores”, salienta Suíca.

O vereador ainda chama a atenção de autoridades públicas que fazem declarações e têm opiniões intolerantes. “Essas figuras, muito as vezes, são referências na sociedade e quando fazem isso publicamente acabam fomentando as ações de violência”. Conforme relato, as agressões contra Bruna aconteceram na última segunda quando foi surpreendida por dois homens, um deles com porrete e outro com revólver. Ela foi alvo de diversas pauladas no corpo.

Durante as agressões, o marido de Bruna foi defende-la e acabou levando um tiro na virilha. A bala alojada em uma vértebra da coxa do homem, que foi socorrido pela Samu. Ele recebeu atendimento no Hospital Geral do Estado, e apresenta quadro crítico de saúde. O caso é acompanhado pelo titular da 11ª Delegacia de Tancredo Neves, onde um dos agressores está detido e deve responder por tentativa de homicídio qualificado.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios