Palmeiras: Homem rebate nota da Cipe-Chapada e afirma que veículo foi ‘cedido’ por delegacia onde trabalhava

Postado em abr 8 2017 - 1:20pm por Jornal da Chapada
seabra

Em uma carta, Zelito Martins de Queiroz afirmou que o carro não era roubado e sim cedido pela delegacia onde trabalhava | FOTO: Divulgação/Cipe-Chapada |

Após a publicação de uma nota oficial da Companhia Independente de Policiamento Especializado (Cipe-Chapada), dando conta de que o senhor Zelito Martins de Queiroz foi preso em Palmeiras, na Chapada Diamantina, no último domingo (2), ao se apresentar como proprietário de um veículo com sinais de adulteração nos vidros e com placa de outro automóvel, o condutor entrou em contato com o Jornal da Chapada para dar sua versão sobre o fato. Em uma carta, Queiroz afirmou que o carro não era roubado e sim cedido pela Delegacia onde trabalhava.

“Sou do quadro de servidores aposentados da Secretaria de Segurança Pública do Estado [SSP-BA], e o carro que se encontrava em meu poder e guarda foi cedido pela própria Delegacia na qual trabalhava. A nota não condiz com a verdade e faz com que o colunista/administrador, use seu espaço se valendo dos meios de comunicação, passando ao público uma informação equivocada e maldosa, sem ao menos procurar averiguar se a informação passada a esse veículo de comunicação condizia com a veracidade dos fatos”.

No entanto, o caso informado pela Cipe-Chapada aponta que ele foi apresentado com o carro na Delegacia Territorial de Seabra sob ocorrência n° 602/17. O Jornal da Chapada esclarece que não se responsabiliza por declarações dadas por órgãos e instituições oficiais. Quem vai dizer se o carro era ou não roubado não será o Jornal da Chapada, mas a justiça. O fato noticiado não imputa a ninguém o cometimento de crime, apenas divulga a prisão, que, como fato que é, pode ser divulgado pela imprensa.

A Cipe-Chapada atua em toda a região da Chapada Diamantina e utiliza o espaço da editoria de Polícia para propagar sua atuação. O espaço continuará para a polícia e para o cidadão, caso se sinta caluniado ou que tenha danos de ordem moral.

Jornal da Chapada

Nota na íntegra da Cipe-Chapada enviada no dia 3 de abril
cie

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.