CidadesCuriosidadesEditorialMenu Principal

Deputado do PSDB condena manifestações discriminatórias e racistas contra os nordestinos

carlos
Geilson manifestou sua “profunda repulsa” a tais manifestações discriminatórias, preconceituosas e racistas | FOTO: Reprodução |

É inadmissível que em pleno século 21 os nordestinos continuem sendo vítimas de odiosas manifestações preconceituosas e racistas por parte de alguns brasileiros de outras regiões do país, disse o deputado estadual Carlos Geilson (PSBD), na última quarta-feira (24), referindo-se a dois recentes episódios de discriminação, amplamente divulgados pela imprensa nacional.

No primeiro, a vereadora Eleonora Broilo, do município de Farroupilha, na Serra Gaúcha, fez um inadmissível discurso na Câmara local atacando o povo nordestino que, segundo ela, sabe se unir para roubar, para ganhar propina e para aumentar a corrupção. “Eles talvez até não saibam nem falar muito bem, mas sabem roubar que é uma maravilha”, acrescentou a vereadora.

Alertada por um colega vereador, de que poderia ser mal interpretada, ela disse que cometeu uma falha ao não especificar que falava apenas dos políticos nordestinos. “Como se isso fosse capaz de amenizar o ataque preconceituoso e discriminatório contra os brasileiros nascidos no Nordeste”, observou o deputado.

No outro caso, uma usuária do Facebook supostamente identificada como Nelma Baldassi, moradora de Curitiba, publicou um post dizendo que o ataque terrorista ocorrido em Manchester, na Inglaterra, e que causou a morte de 22 pessoas e deixou mais de 60 feridos, deveria ter sido na Bahia. “Seria lindo ver aquela gente nojenta e escurinha da Bahia explodindo”, escreveu.

Geilson manifestou sua “profunda repulsa” a tais manifestações discriminatórias, preconceituosas e racistas. “Junto-me aqui às manifestações de repúdio que ambas, a vereadora gaúcha e a internauta paranaense, vêm recebendo de pessoas de todo o país”, afirmou. Para o deputado baiano, “o caminho da paz, da fraternidade entre os homens e do respeito aos valores da cidadania passa necessariamente pelo fim do ódio e de todas as formas de racismo e de discriminação”.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios