CidadesCuriosidadesMenu PrincipalPolítica

Possível caixa 2 em campanha de ACM Neto em 2012 é investigado pelo Ministério Público Eleitoral

netinho
O gestor Neto nega as irregularidades | FOTO: Divulgação |

O Ministério Público Eleitoral da Bahia instaurou investigação para apurar a denúncia de que o prefeito de Salvador ACM Neto (DEM) teria recebido R$ 1,8 milhão por meio de caixa 2 na campanha de 2012. A informação é da revista Época. O gestor Neto nega as irregularidades.

Conforme noticiado pelo Bocão News, os ex-executivos da Odebrecht, André Vital Pessoa de Melo e Benedicto Barbosa da Silva Júnior, apontaram, em suas delações premiadas realizadas no âmbito da Lava Jato, que o prefeito ACM Neto (DEM) recebeu repasses a pretexto de contribuição eleitoral “não contabilizada” nas eleições municipais de 2012.

A petição encaminhada pelo ministro relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), Edson Fachin, ao Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1) não detalha os valores que a empreiteira baiana teria repassado à campanha do democrata. As informações são do Bocão News.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios