Chapada: Projeto de visitas de alunos à polícia completa cinco anos com atividade em Jacobina

Postado em nov 8 2017 - 4:10pm por Jornal da Chapada
jacobina

Estudantes das disciplinas de filosofia e de sociologia participam de aulas ministradas no Complexo Policial de Jacobina | FOTO: Divulgação/SSP |

Uma parceria entre a 16ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin), com sede em Jacobina (Chapada Norte), e o Colégio Modelo Luiz Eduardo Magalhães, levou este ano, nos meses de setembro e outubro, cerca de 470 alunos do nível médio para visitar o Complexo Policial de Jacobina e conhecer o trabalho da Polícia Civil. A ação integra o projeto ‘Vida no Cárcere’, criado pelo professor Ovídio Gomes, responsável pelas disciplinas de filosofia e de sociologia, que completou, agora em 2017, cinco anos.

Nesse período, mais de dois mil alunos já visitaram as instalações do complexo e acompanharam a rotina de delegados, investigadores, escrivães e peritos da Polícia Técnica. O delegado Eduardo Brito, responsável pela Coorpin/Jacobina, avalia que o projeto tem grande importância para a cidade, pois abre aos jovens a oportunidade de conhecer as causas da violência urbana. “Além do conhecimento jurídico nessa área, os alunos têm uma visão nua e crua dos efeitos reais da violência e do mundo do crime na sociedade e como evitá-la”, salientou o delegado.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Durante a visita dos alunos ao complexo, o professor Ovídio Gomes promove uma aula de campo, abordando sempre, no contexto do cárcere, o poder do Estado, da Sociedade e da Família e a influência e o papel que desempenham no conjunto da violência. As aulas servem também para conhecer o trabalho da polícia judiciária e as funções de delegados, investigadores, escrivães e peritos.

Para a delegada Manuela Rodrigues, titular da Delegacia Territorial (DT/Jacobina), unidade que integra o complexo, os alunos estão numa idade sensível a escolhas e as visitas em campo, somadas aos seminários, apresentações e discussões que promovem em sala de aula, reforçam o conhecimento. “São encontros muito ricos, os quais contribuem, para que estes alunos sigam o caminho do bem, multiplicando o conhecimento adquirido com a família e outros entes da sociedade”, ponderou a delegada. As informações são da SSP.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.