Chapada: Área social é um dos destaques da administração municipal em Nova Redenção

capa

Diferentes ações marcaram a atuação dos profissionais na área de ação social em Nova Redenção; a prefeita Guilma Soares comemora os resultados | FOTO: Montagem do JC/Ascom |

A população de Nova Redenção, na Chapada Diamantina, tem recebido um atendimento diferenciado no setor social com as ações da Secretaria Municipal de Assistência Social, do Centro de Referência de Assistência Social (Cras) e do Conselho Tutelar locais. Desde o início de sua gestão, o ‘Governo da Reconstrução’, da prefeita Guilma Soares (PT), tem dado atenção à área.

O Conselho Tutelar, por exemplo, teve seus conselheiros todos capacitados no início do ano, e os idosos tiveram muitas ações voltadas para eles. Como é o exemplo do seu carnaval, com sorteios e presentes, brincadeiras e poesia, além da presença de autoridades políticas como a da prefeita, de vários secretários, do vice-prefeito Ademar Martins e do líder político Ivan Soares. Na época dos festejos juninos, os anciãos tiveram uma programação só deles.

Dentre as muitas ações da Assistência Social, juntamente com o Cras, pode-se ressaltar a ‘Campanha do agasalho’, onde foram distribuídas 300 peças de roupas para crianças, adolescentes e adultos. Foram distribuídos também sapatos, lençóis e cobertores. Inclusive, a Secretaria recebeu um carro novo para ajudar ainda mais no seu trabalho diário em servir à população.

Mais imagens das ações em Nova Redenção

Este slideshow necessita de JavaScript.

Datas comemorativas, como o Dia Internacional da Mulher, foram de programação ativa na cidade com palestras diversas, entre elas as sobre câncer de mama e a Lei Maria da Penha, além de dinâmicas, poesia e sorteios. Nessas oportunidades, foram atendidas pessoas da sede e da zona rural.

Ao total, no ano de 2017, 86 pessoas receberam atendimento do setor jurídico através dos órgãos de assistência social, 1.908 pessoas receberam atendimento do programa Bolsa Família, 930 foram atendidas pela Secretaria, houve 170 visitas domiciliares, 686 cadastros de casas populares na zona urbana e zona rural, 244 de cadastro de banheiros nas zonas urbana e rural, além de 75 ocorrências no Conselho Tutelar Jornal da Chapada com informações de assessoria.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.