CidadesCuriosidadesMenu PrincipalSaúde

Chapada: Secretário de Saúde de Itaberaba divulga números do setor e apresenta novos profissionais

foto2
Novos médicos são apresentados pelo titular da pasta, João Rodrigues, para compôr o quadro de profissionais do setor de saúde em Itaberaba | FOTO: Divulgação/Ascom |

A prefeitura municipal de Itaberaba, na Chapada Diamantina, administrada pelo prefeito Ricardo Mascarenhas (PSB), apresentou os números do setor de saúde nesta terça-feira (9) por meio de nota enviada à imprensa. Conforme os dados divulgados são atualmente 14 unidades de saúde da família em diversos pontos da cidade com 18 equipes completas (médicos, equipe de enfermagem, equipe de odontologia, agentes comunitários e corpo administrativo). A Secretaria de Saúde apresentou nesta terça mais dois médicos brasileiros para compor o quadro: doutor Luan Cortês, que assume o PSF de Guaribas e a doutora Milana Gomes, que vai atender no PSF do bairro Oriente.

A equipe de médicos ainda tem o retornou de doutora Ismary, que estava de férias. Ela volta nesta quarta (10) e a UBS da RM retorna ao atendimento de consulta médica, e todas as unidades de saúde da família de Itaberaba voltam totalmente à ativa. “Estamos recebendo ainda, dentro de pouco tempo, três vans – de R$ 190 mil cada – para o TFD [transporte gratuito que leva paciente para tratamento em outras cidades], além outra equipe do NASF [Núcleo de Atenção à Saúde da Família], composta por educador físico, nutricionista, psicólogo, enfermeiro, assistente social e fisioterapeuta e a grande conquista de mais cinco consultórios odontológicos completos”, pontua o coordenador da Atenção Básica de Itaberaba, Alex Machado.

Ainda conforme Alex, um outro destaque da gestão de saúde em Itaberaba é a inovação com o Serviço de Atendimento Domiciliar (SAD). “Fizemos todo o processo para o credenciamento junto ao Ministério, e já estamos aguardando apenas a publicação da portaria. Com isso, mais uma equipe com médico, enfermeiro e técnico de enfermagem fará o atendimento daqueles pacientes acamados e com dificuldade de locomoção”, encerra Alex.

Ampliação de serviços
A gestão de Ricardo Mascarenhas ainda aponta que com a habilitação do PSF Alberto Casali, que traz o repasse do Ministério da Saúde, com certeza haverá ampliação dos serviços e melhorias para a unidade, contemplando de forma direta a comunidade do entorno. “A busca é nossa rotina. Estamos sempre procurando meios e conteúdo acerca das prerrogativas do Ministério [da Saúde] que façam parte de nosso contexto, de nossa realidade, e transformamos esse conhecimento em projeto. Daí em diante, é fazer acontecer, cobrando dos deputados, cumprindo os critérios. O resultado é claro: unidade habilitadas e qualificadas, repasse de recursos e ampliação na oferta de serviços”, salienta o secretário de Saúde, João Rodrigues

O titular da pasta ainda diz que entende que a gestão ficará sempre nos holofotes, principalmente por se tratar de saúde pública e critica a divulgação de dados errôneos. “Quando se divulga informações erradas, infundadas, ou pior ainda, criadas com propósitos pessoais ou políticos, a população como um todo é atingida. Sabe como? Quem ouve que a unidade está fechada, não vai lá por que acha que realmente não tem o serviço. Consequentemente, deixa de ser atendido, e o impacto vem em cadeia: números de atendimentos reduzidos, o planejamento da Secretaria em cima desse número reduzido, ou seja, acaba por influenciar a saúde pública de 70 mil pessoas”, desabafa Rodrigues. Com informações de assessoria.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios