Chapada: Moradores enfrentam a chuva para protestar contra a violência em Barra da Estiva

Postado em mar 8 2018 - 4:59pm por Jornal da Chapada
foto

Os manifestantes usaram guarda-chuvas e outros enfrentaram a chuva para pedir paz e segurança | FOTO: Divulgação | 

Nem mesmo a chuva conseguiu atrapalhar a manifestação de cerca de 3 mil pessoas contra a violência no município de Barra da Estiva, na Chapada Diamantina, nesta quinta-feira (8). O protesto foi em razão da onda de crimes na região que culminou com o assassinato brutal do diretor de uma escola municipal. Zé Mário foi alvejado com quatro tiros por um bandido em frente a sua casa, na Rua Irmã Dulce, no Bairro Recreio, para roubar uma motocicleta. A morte do educador causou comoção na cidade e a população resolveu sair às ruas para se manifestar e pedir paz.

Imagens enviadas ao Jornal da Chapada por um internauta, mostram as pessoas caminhando pelas ruas durante o protesto. Os manifestantes usaram guarda-chuvas e outros enfrentavam a chuva pedindo justiça. “A região de Barra da Estiva tem um índice alto de criminalidade e estamos protestando para que as autoridades tomem uma atitude. A população clama por justiça e segurança”, salienta um dos populares em contato com o site. Os manifestantes levaram faixas, cartazes e entoaram gritos de ordem durante o protesto.

O crime que tirou a vida do professor Zé Mário aconteceu na noite da última terça-feira (6). Após ser baleado, ele ainda foi levado ao Hospital Suzi Zanfretta por vizinhos, mas já chegou na unidade hospitalar sem vida. Muitos moradores de Barra da Estiva estão aterrorizados com a onda de crimes, outros abalados pela notícia. Minutos após a informação sobre o caso ser difundida, o hospital da cidade foi tomado por uma multidão.

Jornal da Chapada

Veja mais fotos

Este slideshow necessita de JavaScript.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.