#Polêmica: Coluna aponta que ACM Neto está 40% disposto a concorrer ao governo em 2018

Postado em abr 3 2018 - 11:38am por Jornal da Chapada
neto

O gestor de Salvador tem até o dia 7 de abril para tomar a decisão de se afastar da prefeitura ou não para concorrer ao Palácio de Ondina | FOTO: Divulgação |

Esta semana deve sair a decisão tão esperada por diferentes partidos na Bahia. Se o prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), principal liderança oposicionista ao governo de Rui Costa (PT), se afastará ou não da prefeitura para concorrer ao cargo de governador nas eleições de 2018. A expectativa é que o gestor democrata se pronuncie até este sábado (7), prazo limite para a desincompatibilização para quem vai disputar cargo eletivo em outubro. De acordo com a coluna Estadão, do jornal O Estado de S. Paulo, a tendência atual é que Neto conclua o mandato de prefeito de Salvador.

A publicação aponta ainda que o democrata tem dito a interlocutores que está 60% disposto a ficar e 40% a sair do posto que ocupa atualmente. Um dos entraves para a decisão de ACM Neto é o fato de o MDB, que apoiaria a sua candidatura, não abrir mão de lançar o nome do deputado Lúcio Vieira Lima à reeleição. O prefeito teme o desgaste político que isso pode trazer, já que Lúcio é irmão do ex-ministro Geddel Vieira Lima e também foi denunciado no caso dos R$ 51 milhões encontrados em um apartamento em Salvador.

O jornal paulista também salienta que aliados do DEM, como o PSDB, pressionam para que Neto dispute a eleição, o que garantiria um palanque forte para o futuro candidato à Presidência, seja ele Rodrigo Maia (DEM) ou Geraldo Alckmin (PSDB). Caso o prefeito não seja candidato, a avaliação do grupo é que o atual governador, Rui Costa (PT) vai se reeleger “sem dificuldades”.

Por outro lado, frisa o jornal, ACM Neto também tem sinalizado que, se não deixar a prefeitura, o DEM pode lançar como candidato ao governo o nome do atual prefeito de Feira de Santana, José Ronaldo. Em entrevista ao site Bocão News durante o carnaval deste ano, o gestor soteropolitano afirmou que Zé Ronaldo tem que estar na chapa da oposição de qualquer jeito. “Para mim, tem uma coisa que é fato: acho que Zé Ronaldo tem que estar na chapa e tem que renunciar à prefeitura. A situação de Zé Ronaldo é diferente da minha. Acho que ele tem que estar na chapa de qualquer jeito, comigo ou sem ‘migo'”, sentenciou. Com informações do Estadão e do Bocão News.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.