Chapada: Artista plástica radicada em Várzea Nova é premiada em exposição na Noruega

Postado em ago 24 2018 - 5:15pm por Jornal da Chapada

Aparecida Santos recebeu a medalha de bronze da ‘Art Com Expo International’, na Galeria Bergem, na Noruega, com a obra ‘Solidário Solitário’ | FOTO: Montagem do JC/Divulgação |

A artista plástica Aparecida Santos nasceu em Picuí, na Paraíba, mas foi inspirada na Chapada Diamantina, lugar em que mora atualmente, na cidade de Várzea Nova, que recebeu a medalha de bronze da ‘Art Com Expo International’, na Galeria Bergem, na Noruega, com a obra ‘Solidário Solitário’. A exposição começou no último dia 19 e vai até o dia 30 deste mês.

A obra premiada mostra uma cena da zona rural nordestina chapadeira e é isso que a inspira. Os lugares. “Eu me inspiro muito no que vejo no dia a dia, então costumo pintar a realidade que vivo no momento. Atualmente vivo em um região de clima semiárido e minhas obras trazem muito a temática do sertão”, contou a artista ao Jornal da Chapada. “Cada lugar que morei representa uma fase artística. Os lugares exercem forte influência na minha arte”, afirmou.

Aparecida disse que se inscreveu na exposição à convite da baronesa Jiselda Salbu, brasileira residente na Noruega. “Em visita ao Brasil ela teve acesso ao meu trabalho e me convidou pra participar da exposição”, disse. Ela conheceu a baronesa há oito anos durante uma exposição conjunta em São Paulo.

Segundo Santos, o processo de criação é baseado na temática ambiental. “Eu busco sensibilizar quanto a essa questão. Também retrato o senso de humanidade dos indivíduos, como o amor ao próximo”, disse. Ela contou que idealizou o projeto social relacionado às artes visuais, ‘ARte na Chapada’, que está sendo desenvolvido com recursos próprios e terá novidades em breve para a comunidade local. Fique de olho nessa iniciativa.

Jornal da Chapada

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.