Chapada: Fogo atinge APA Marimbus-Iraquara na região de Lençóis; órgãos alinham combate

Publicidade
Postado em mar 19 2019 - 4:06pm por Jornal da Chapada

O incêndio mais recente informado ao CBMBA foi registrado em Lençóis, na APA Marimbus-Iraquara; foi mobilizado um efetivo para atuar no local | FOTO: Ilustrativa/Arquivo/Sema |

Em reunião na última segunda-feira (18), o comandante-geral do Corpo de Bombeiros Militar da Bahia (CBMBA), coronel Francisco Telles e o secretário do Meio Ambiente, João Carlos Silva, discutiram estratégias de prevenção e combate a incêndios florestais no estado da Bahia. Na segunda, bombeiros militares e brigadistas voluntários atuaram no combate em quatro frentes de incêndios, nos municípios de Porto Seguro – distrito de Itaporanga e de Sapirara; em Valença, na Serra do Abiá; e em Lençóis, na APA Marimbus-Iraquara.

O incêndio mais recente informado ao CBMBA foi registrado em Lençóis, na APA Marimbus-Iraquara. Foi mobilizado um efetivo para atuar no local. Para o Coronel Telles, o momento é de definir estratégias para combate, mas também de preparação para as ações de prevenção deste ano.

O coronel Francisco Telles e o secretário do Meio Ambiente, João Carlos Silva, durante reunião para traçar estratégias | FOTO: Divulgação/Sema |

“Saindo do combate, entramos na preparação para as ações de prevenção aos incêndios florestais, temos que capacitar e equipar as brigadas voluntárias. A equipe técnica do Corpo de Bombeiros desenvolveu um software para facilitar a gestão e ação conjunta entre Bombeiros Militares e brigadistas, dando maior eficiência e uma resposta mais ágil no controle dos incêndios”, afirmou o Coronel Telles.

Para fortalecer e qualificar o trabalho das brigadas voluntárias que atuam no combate aos incêndios florestais no estado, a Secretaria do Meio Ambiente prepara uma licitação para aquisição de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) e Coletivos (EPCs) para combate e controle de incêndios, no âmbito do Programa Bahia Sem Fogo.

Ao todo serão investidos aproximadamente R$ 1 milhão de reais, para compra de 11.950 itens para equipar as brigadas dos municípios. “As brigadas são importantes parceiros do Estado, e, principalmente, dos bombeiros militares no combate aos incêndios in loco. É quem primeiro chega aos locais de ocorrência de fogo, e, na maioria das vezes são fundamentais para a não propagação em maior escala dos incêndios”, afirmou o secretário João Carlos. As informações são da Sema.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

1 Comentário Sinta-se livre para participar desta conversa.

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.