CidadesCuriosidadesMenu PrincipalMundo

#Brasil: Repórter da Record é afastado por acusação de assédio de 12 mulheres

Gérson de Souza deve ficar afastado até dia 10 de junho, quando entra de férias | FOTO: Divulgação |

O repórter Gérson de Souza, um dos mais antigos da Record, foi afastado da emissora, na última sexta-feira (24), por acusação assédio a 12 mulheres com quem trabalhava. Segundo o Notícias da TV, o jornalista apareceu na redação do Domingo Espetacular pela manhã e logo foi embora. Ainda conforme a publicado, Souza deve ficar afastado até dia 10 de junho, quando entra de férias.

A emissora só definirá o futuro do repórter após encerramento das investigações policiais. Duas jornalistas compareceram à delegacia, na quinta-feira (23), e informaram que sofreram assédio sexual por parte de Souza. De acordo com portal de notícias, mais dez mulheres o denunciaram à Polícia Civil de São Paulo, na manhã de hoje, e o inquérito foi instaurado.

As jornalistas informaram que Souza as importunava no ambiente de trabalho com beijo roubado, palavras e expressões obscenas. Algumas das vítimas relataram que foram tocadas nos seios e na cintura. No entanto, Gérson de Souza nega as acusações e alega que está sendo vítima de revanchismo de uma produtora com quem teve um desentendimento de trabalho. Jornal da Chapada com informações do site BNews.

Etiquetas
Mostrar mais

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Pular para a barra de ferramentas