Pular para a barra de ferramentas
CidadesCuriosidadesEditorialMenu Principal

“A história se repete em Uruçuca”, diz Valmir sobre condenações de prefeito

O deputado federal Valmir Assunção com a ex-prefeita Fernanda Silva | FOTO: Jonas Santos |

Duas condenações pesam contra o prefeito do município de Uruçuca, no sul da Bahia, Moacyr de Souza (DEM). Primeiro ele foi condenado pelo Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) e perdeu, mais uma vez, seus direitos políticos por quatro anos. Segundo, nesta terça-feira (16), o gestor também foi condenado pelo Tribunal Regional Federal (TRF1). A informação foi alvo de crítica do deputado federal Valmir Assunção (PT-BA), que representa o município no Congresso Nacional.

“A história se repete em Uruçuca. O gestor democrata foi mais uma vez condenado por improbidade administrativa e por irregularidades durante sua gestão em ambos os casos”, salienta. Assunção defende a atuação da ex-prefeita Fernanda Silva (PT), que garantiu mais de 2,9 mil votos para o deputado federal na última eleição. “Uruçuca tem de ter uma gestão comprometida com o povo, com políticas públicas e com investimentos em lazer, esporte, educação e infraestrutura, o gestor precisa entender isso”, completa Valmir.

Na condenação do TJ-BA, Moacyr ainda foi condenado a pagar multa de 50 salários mínimos. “Ele está proibido de contratar com o poder público ou receber benefícios ou incentivos fiscais direta ou indiretamente, ainda que por intermédio de pessoa jurídica da qual seja sócio majoritário”, aponta a ex-gestora Fernanda. Para ela, o município precisa de maior atenção dos poderes públicos para que siga em desenvolvimento. “É lamentável que a população esteja passando por isso”, finaliza.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios