Chapada: Usuários do Caps em Itaberaba têm sessões de equoterapia para desenvolvimento biopsicossocial

Postado em jul 18 2019 - 9:22pm por Jornal da Chapada

A atividade integra a Fisioterapia Funcional para Especiais, promovida pela equipe técnica do Caps | FOTO: Divulgação/Secom |

A equoterapia é um método terapêutico que envolve equitação e atividades com cavalos para proporcionar o desenvolvimento biopsicossocial a pessoas com transtornos mentais ou necessidades especiais. E usuários do Centro de Atenção Psicossocial (Caps) de Itaberaba, município da Chapada Diamantina, podem contar com sessões desse tipo de terapia duas vezes por semana.

A atividade integra a Fisioterapia Funcional para Especiais (FFE), promovida pela equipe técnica do Caps, que inclui, ainda, psicomotricidade e reeducação postural global (RPG), com a Escola de Postura, no âmbito da Política Municipal de Saúde Mental. Esse método foi reconhecido como científico pelo Conselho Federal de Medicina (CFM) desde 1997. Entretanto, a atividade como modelo de reabilitação só foi regulamentada este ano.

Benito di Paula, coordenador do centro psicossocial de Itaberaba, observa que ela “é uma das técnicas fisioterapêuticas utilizadas pelo Caps no tratamento de transtornos psicológicos e de doenças motoras e faz parte de uma abordagem interdisciplinar mais ampla”, explicou o coordenador.

Essa iniciativa da prefeitura de Itaberaba, na gestão do prefeito Ricardo Mascarenhas (PSB), serve para complementar o tratamento de indivíduos com deficiências ou necessidades especiais, como a Síndrome de Down, paralisia cerebral, derrame, esclerose múltipla, hiperatividade, autismo, crianças muito agitadas ou com dificuldade de concentração, por exemplo, além daquelas com transtornos mentais. Jornal da Chapada com informações de assessoria.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.