Rui Costa ‘sonha’ ouvir de Bolsonaro a liberação dos R$ 500 milhões travados no governo federal

Postado em jul 18 2019 - 9:11pm por Jornal da Chapada

“Que se faça um evento que o povo de Conquista merece, sem polêmica, e que a gente possa ouvir na terça-feira o presidente anunciar que vai liberar os mais de R$ 500 milhões que a Bahia tem a receber”, disse o governador | FOTO: Divulgação |

Em entrevista coletiva nesta quinta-feira (18), em Vitória da Conquista, o governador Rui Costa (PT) afirmou que jamais negou a participação do governo federal nas obras do novo Aeroporto Glauber Rocha. “Nem na época de Dilma, que era do mesmo partido que eu, nem no governo Temer, muito menos neste governo eu negaria ou esconderia a participação do governo federal em uma obra. Muito pelo contrário. Eu tenho orgulho em dizer que a obra tem recurso do governo federal. É um ente federal repondo para a Bahia uma dívida secular que a União tem com os baianos”, disse o governador, destacando que a última parcela de recursos federais para a obra foi repassada em novembro de 2018, portanto antes da gestão Bolsonaro.

Rui ressaltou que não está querendo polemizar o assunto da entrega do aeroporto. “Se eu quisesse polêmica, não faria inauguração nenhuma, colocaria apenas outdoor, e compraria uma passagem da Azul para desembarcar aqui no dia 25 e dar uma coletiva para vocês. Que se faça um evento que o povo de Conquista merece, sem polêmica, e que a gente possa ouvir na terça-feira o presidente anunciar que vai liberar os mais de R$ 500 milhões que a Bahia tem a receber. Eu nem dormi direito, até sonhei com isso”. Rui destacou ainda que, se não fosse o governador Jaques Wagner a obra do aeroporto não existiria.

“Foi ele quem pensou a obra, fez o decreto de desapropriação, pagou a desapropriação, contratou o projeto, iniciou a obra e licenciou ambientalmente. Também não existiria a obra, pelo menos com recursos federais, se a presidenta Dilma não tivesse assinado dois convênios”. As obras do novo aeroporto foram executadas 100% pelo Governo do Estado. Os recursos para a construção do equipamento foram liberados ainda na gestão da ex-presidente Dilma Rousseff e tem contrapartida do Governo da Bahia.

O valor investido pela gestão estadual no aeroporto Glauber Rocha supera R$ 31 milhões. O novo equipamento vai ter o dobro de capacidade do antigo aeroporto, podendo ampliar para sua movimentação para 500 mil passageiros até 2020. Outra novidade é que o Glauber Rocha também vai receber grandes aeronaves (Boeing 737-800) e minimizar as interferências climáticas nos pousos e decolagens por ter equipamentos mais avançados de navegação aérea. As informações são do Política Livre

Leia também

#Polêmica: Bolsonaro rebate Rui e diz que o dinheiro do aeroporto de Vitória da Conquista é do povo

#Bahia: Rui vistoria obras de novo aeroporto em Vitória da Conquista e fala dos investimentos na região

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.