CidadesCuriosidadesEducaçãoMenu Principal

#Bahia: Estudantes da rede estadual são selecionados para Parlamento Jovem Brasileiro

capa12
No total, foram anunciados 78 alunos das redes pública e privada de todo o Brasil, que terão a oportunidade de vivenciar, na prática, de 23 a 27 de setembro, o trabalho dos deputados federais | FOTO: Montagem do JC/SEC |

Os estudantes Adriele Barbosa (Colégio Estadual Senhor do Bonfim – Salvador), Adriele Lisboa (Colégio Estadual Mario Teixeira de Freitas – Salvador), Igor dos Santos (Colégio Estadual Ouro Negro – Candeias) e Maria Antonia Dezidério (Colégio Militar de Salvador) foram selecionados para o Programa Parlamento Jovem Brasileiro 2019, desenvolvido pela Câmara de Deputados Federais.

No total, foram anunciados, na última sexta-feira (2), 78 alunos das redes pública e privada de todo o Brasil, que terão a oportunidade de vivenciar, na prática, de 23 a 27 de setembro, o trabalho dos deputados federais. No decorrer da experiência, os alunos participantes vão elaborar projetos de leis e debater na Câmara dos Deputados, em Brasília, temas de grande importância para o país.

A estudante Adriele Silva, 18 anos, apresentou ao PJB o projeto que institui o Programa Nacional de Proteção à Saúde Mental dos Estudantes das Escolas Públicas Brasileiras (Protesaum). “É muito importante que participemos dessas iniciativas, porque os jovens precisam ser atuantes na política. Como presidente do grêmio estudantil do meu colégio, acho que o trabalho coletivo e a construção de ideias é fundamental para o processo democrático”.

Já Adriele Lisboa, 17, submeteu ao PJM o projeto que altera dispositivo da Constituição Federal pertinente às condições de elegibilidade para os cargos concernentes às eleições proporcionais nos três âmbitos da Federação. Igor dos Santos, por sua vez, foi selecionado pelo projeto que determina a necessidade de implantar equipes multidisciplinares nas escolas públicas para dar suporte aos estudantes e suas respectivas famílias.

Já Maria Antônia Dezidério ficou entre os finalistas pelo projeto que dispõe da criação do programa ‘Casa Primeiro’, que visa garantir à reinserção e integração social das pessoas em situação de rua através da disponibilização de moradias fixas, e fornecer, em conjunto, serviços de apoio e conexões baseados na comunidade”. As informações são SEC.

Etiquetas
Mostrar mais

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Pular para a barra de ferramentas