CidadesCuriosidadesEconomiaMenu Principal
Trending

Chapada: Governo estadual deve recuperar projeto de irrigação do município de Várzea da Roça

O projeto possui um investimento de R$ 2,9 milhões e prevê a revitalização da estrutura física e produtiva do distrito, oferta do serviço de assistência técnica e produtiva ao irrigante e melhoria na eficiência do sistema, baixando os custos e otimizando o uso da água.

O início da execução do projeto de irrigação Jacuípe, do município de Várzea da Roça, no centro norte da Bahia, foi autorizado no último sábado (7). O projeto, que possibilitará um ganho produtivo imediato para 76 famílias de agricultores familiares, visa à emancipação do Distrito de Irrigação de São José do Jacuípe. A iniciativa é da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), por meio da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), e o convênio foi firmado com a Associação dos Produtores de Goiaba da área B.

Segundo o diretor-presidente da CAR, Wilson Dias, o objetivo do projeto é dar autonomia aos agricultores. “O perímetro irrigado é como se fosse uma indústria do município, onde existe possibilidade concreta de geração de emprego e renda. É um processo intensivo de agricultura, onde está inserida assistência técnica como estratégia de formação para a gestão do empreendimento e para acompanhamento técnico produtivo”, afirma.

O projeto possui um investimento de R$ 2,9 milhões e prevê a revitalização da estrutura física e produtiva do distrito, oferta do serviço de assistência técnica e produtiva ao irrigante e melhoria na eficiência do sistema, baixando os custos e otimizando o uso da água. A ação pretende ainda recuperar as áreas de preservação e promover a inclusão social das famílias, fomentando a inclusão de jovens e mulheres nas atividades produtivas e nas decisões comunitárias, além de incentivar o trabalho coletivo, e resgatar, valorizar e transmitir os saberes locais.

Para o representante da associação, João Almeida, o projeto é a vida do distrito. “Esse convênio vem para salvar o projeto Jacuípe. Hoje estamos irrigando no máximo quatro horas por dia, sendo que precisamos entre 12 a 16 horas para ter uma produção de qualidade. É praticamente impossível produzir desse jeito”. O irrigante Azilton Moreira conta que a localidade andava desanimada com tantos prejuízos. “Agora vamos poder recuperar nossos maquinários que estão parados por falta de água e ajudar a economia de Várzea da Roça crescer. Agora sim, vamos começar a produzir. Hoje saímos desse evento com sorriso no rosto e esperança”, destaca.

O Governo do Estado, por meio da SDR/CAR, também está investindo em Várzea da Roça nos sistemas produtivos de ovinocaprinocultura, apicultura e oleaginosas, que somam mais R$ 3 milhões. Os investimentos são realizados por meio do Bahia Produtiva, projeto da SDR/CAR, a partir de acordo de empréstimo com o Banco Mundial. “São cerca de R$ 6 milhões de investimentos, em dois anos, para ajudar o homem e a mulher do campo de Várzea da Roça”, ressalta Wilson Dias. As informações são de assessoria.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios