Pular para a barra de ferramentas
CidadesCuriosidadesMenu PrincipalPolítica
Trending

#Chapada: Vereadores de Mucugê direcionam R$30 mil mensais para compra de cestas básicas; projeto de redução de salários não é votado

Até o último boletim divulgado, o município de Mucugê tinha um caso de uma idosa com suspeita de Covid-19, que morreu no Hospital Regional da Chapada, em Seabra.

Nove vereadores do município de Mucugê, na Chapada Diamantina, decidiram em comum acordo a devolução do duodécimo da Câmara no valor de R$30 mil mensais. A decisão foi tomada na última terça-feira (7) e o recurso será destinado para aquisição e distribuição de 150 cestas básicas no valor de R$200 cada. As cestas serão entregues a famílias em vulnerabilidade econômica, inscritas no Cadastro Único (CadÚnico) e referenciadas pelo Centro de Referência de Assistência Social (Cras). A ação é para auxiliar no processo de quarentena contra a Covid-19 – que impossibilita as pessoas de saírem para trabalhar.

A princípio, o projeto proposto pelo prefeito Manoel Luz (PSD) e apresentado na última quarta-feira (1º) traria a redução do subsídio de prefeito, vice-prefeito e vereadores em 50%. Entretanto, a medida decida foi a devolução do duodécimo. “Os vereadores decidiram por essa medida no momento. Neste caso o [Projeto de Lei] PL não vai ser votado até que essas medidas sejam adotadas e, caso não forem suficientes, podem ser ampliadas ou reformuladas”, aponta assessoria da Câmara em contato com o Jornal da Chapada.

Até o último boletim divulgado, o município de Mucugê tinha um caso de uma idosa com suspeita de Covid-19, que morreu no Hospital Regional da Chapada, em Seabra, na última quinta-feira (2). O município aguarda o resultado que pode demorar entre quatro a seis dias, conforme informações do secretário de Saúde Igor Teles (leia mais sobre o assunto).

Jornal da Chapada

Veja aqui o projeto aprovado pela Câmara…

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios