Pular para a barra de ferramentas
AssessoriaCidadesCuriosidadesMenu Principal
Trending

#Bahia: Afiliada da Record no estado é investigada pelo MPT por surto de covid-19 entre funcionários

O Ministério Público do Trabalho recebeu, até então, duas denúncias anônimas sobre a situação na emissora.

A afiliada da Record na Bahia, TV Itapoan, está sendo investigada por causa de um suposto surto de coronavírus entre os funcionários e negligência nos cuidados com os trabalhadores. Segundo reportagem do site Notícias da TV, o Ministério Público do Trabalho no Estado (MPT-BA) abriu um inquérito para apurar as denúncias de que a Record não estaria cumprindo as exigências de medidas de prevenção para evitar a contaminação de covid-19.

De acordo com alguns relatos, existem funcionários que contraíram o vírus e continuam trabalhando na emissora normalmente. Há menos de uma semana, um dos principais jornalistas da emissora, José Eduardo, que apresenta o Balanço Geral da Bahia, comunicou que contraiu o vírus e está cumprindo a quarentena em casa.

O Ministério Público do Trabalho (MPT) recebeu até então, duas denúncias anônimas sobre a situação na emissora, conforme as informações do NTV. Após a segunda denúncia, o órgão enviou à emissora uma recomendação para adotar as regras das medidas de prevenção. Segundo a procuradora responsável pela investigação, a emissora afiliada irá precisar prestar contas sobre o caso, e os funcionários podem ser convocados para depor.

A assessoria de imprensa da emissora nega as denúncias e declara que de 300 funcionários que trabalham na empresa, apenas cinco testaram positivo para o coronavírus e todos estão sendo orientados a se afastarem do trabalho e entrarem de licença até que estejam recuperados. As informações são do portal Making Of.

Leia também

#Bahia: Sem apresentar sintomas, apresentador da TV Itapoan Zé Eduardo testa positivo para o novo coronavírus

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios