Pular para a barra de ferramentas
CidadesCuriosidadesEditorialMenu PrincipalTop
Trending

“Bolsonaro tem uma mente sombria e que cultua e reverencia a morte o tempo inteiro”, dispara Lídice sobre decreto do uso de máscaras

Na edição do Diário Oficial da União, o chefe do Executivo derruba a obrigatoriedade no comércio, templos religiosos e outros ambientes públicos.

A deputada federal Lídice da Mata (PSB-BA) disse, nesta sexta-feira (3), em suas redes sociais, que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) “tem uma mente sombria e que cultua e reverencia a morte o tempo inteiro”, em resposta aos vetos por ele impostos na lei que torna obrigatório o do uso de máscaras. Na edição do Diário Oficial da União, o chefe do Executivo derruba a obrigatoriedade no comércio, templos religiosos e outros ambientes públicos.

Para a parlamentar baiana, as ações dele (Bolsonaro), em todas as instâncias, miram o extermínio dos seres humanos. Para o veto, o presidente argumentou que o trecho “incorre em possível violação de domicílio”. A lei diz ainda que os estabelecimentos não são obrigados a fornecer máscaras gratuitamente aos funcionários. Bolsonaro vetou, ainda, o trecho que obrigava o poder público a fornecer máscaras à população vulnerável economicamente.

Segundo Lídice, deputados de oposição, como o líder do seu partido, Alessandro Molon, já informaram que haverá um esforço concentrado para a derrubada dos vetos do presidente. “Ao vetar o uso de máscaras em Igreja e no comércio, ele revela seu caráter de amante da morte. Vamos derrubar os vetos dele, pois somos a favor da vida e o uso de máscaras é fundamental para conter o contágio do coronavírus. As informações são de assessoria.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios